Há oito anos, Globo sofria primeira ameaça séria da Record com novelas às 21h

"Os Mutantes - Caminhos do Coração" chegou muito próximo de "A Favorita" no Ibope

Fotos: Divulgação/ TV Record

Publicado em 03/06/2016 às 17:40:09

Por: Sem autor

Nos últimos tempos, a imprensa tem noticiado até com certa frequência que o principal produto global, a novela das 21h, vem sendo ameaçada pela Record com uma trama concorrente - no caso, "Os Dez Mandamentos".

Lógico que não é a primeira vez que algo do tipo acontece, longe disso. Tivemos outros fenômenos como "Carrossel" (1991) no SBT; a própria Record com o "Ratinho Livre" e posteriormente na emissora de Silvio Santos com o "Programa do Ratinho"; e o reality show "Casa dos Artistas" - que chegou a vencer por alguns minutos a novela "O Clone" em sua trajetória", em 2001 -. Mas note que, com novelas nacionais, isso era bem raro de acontecer, ainda mais envolvendo a Record.

Mas há exatos oito anos, em 3 de junho de 2008, isso aconteceu pela primeira vez, e com força com uma trama da rede de Edir Macedo. Em agosto de 2007, a Record estreava "Caminhos do Coração", novela de Tiago Santiago que misturava ficção científica com o elemento da telenovela. Com início inseguro, a produção subiu e virou um fenômeno no início do ano seguinte, mesmo exibido em horário tardio - não raramente terminava depois das 23h.

Só para se ter uma ideia, "Caminhos do Coração", no dia 6 de fevereiro de 2008, foi a primeira novela da história da Record a liderar na média em toda a história. O feito se acentua quando o concorrente era um jogo do Corinthians no Campeonato Paulista - o Timão é campeão de audiência no futebol. Na ocasião, foram 22 pontos de média contra 20 da Globo - no pico, a trama ficou com 12 pontos na frente da Globo no dia, marcando 27 contra 15 do futebol.

Vendo o sucesso, a Record decidiu continuar a trama, inventando uma nova temporada com o título "Os Mutantes: Caminhos do Coração". Ela começou na mesma semana que "A Favorita", novela das 21h da Globo e primeira de João Emanuel Carneiro na principal faixa. Para as duas se enfrentarem, a emissora paulista inverteu os horários de suas novelas. "Os Mutantes" foi para as 20h45, enquanto "Amor e Intrigas" passou para as 22h15.

O último capítulo de "Caminhos do Coração", já às 20h45, fechou com 23 pontos de média com 26 de pico, em dia 2 de junho de 2008. No mesmo horário, "A Favorita" fechou com 35, sendo a pior estreia da faixa das 21h da Globo até então. O baque, no entanto, viria no outro dia. A estreia de "Os Mutantes" na terça-feira fechou com média de 24 pontos e picos de 27, ameaçando fortemente a história de Flora (Patrícia Pillar) e Donatela (Claudia Raia).

Segundo dados divulgados pelo próprio autor da novela, Tiago Santiago, em seu blog oficial na época, a trama chegou a ficar a cinco pontos da Globo no momento de máxima - ou seja, foram 27 pontos contra 32 da Globo na ocasião. Nunca uma novela havia chegado tão perto da emissora global em seu principal horário.

Entretanto, o caso foi de certa forma isolado. Com o tempo, "A Favorita" caiu nas graças do público e a audiência de "Os Mutantes" foi diminuindo junto - muito também pelos devaneios de Santiago, que colocou vários mutantes e tramas estapafúrdias demais. Porém, nada tira o feito da novela juvenil. Ela virou um fenômeno, que entrou na história da TV.



TAGS:

COMENTÁRIOS