Reportar erro
Novelas

Deputado pastor diz que casais gays em novelas da Globo são "nojeiras"

beijogayimperio.jpg
Reprodução
Redação NT

Publicado em 13/03/2015 às 19:15:18

O beijo gay entre Claudio Bolgari (José Mayer) e Leonardo (Klébber Toledo) na novela "Império" ainda rende alguma polêmica na Bahia.

Na última quarta-feira (11), um deputado já havia se posicionado contra o fato na Assembléia Legislativa da Bahia (ALBA). Agora, foi a vez do polêmico deputado Pastor Sargento Isidoro (PSC-BA) se posicionar contra o fato.

Em um discurso nesta quinta (12), ele disse que casais gays em novelas são nojentos e que a Globo quer transformar o Brasil em um prostíbulo: "Ninguém é obrigado a ver essas nojeiras (casais gays) na sala da própria casa. Toda novela tem essa sujeira agora. A mídia brasileira, principalmente a Globo, busca tornar o Brasil um prostíbulo", afirmou.

Além disso, Pastor Sargento Isidoro criticou as atrizes Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg por aceitarem fazer um casal homossexual na próxima novela das 21h, "Babilônia": "Duas senhoras de idade se submetendo a esse papel, essa coisa suja. Querer incentivar idosos de bem a serem gays em uma novela? Já estão fazendo a cabeça dos jovens, agora querem fazer a cabeça dos velhos. A vovó gay, o vovô gay".

Já nesta sexta (13), depois do episódio, segundo o jornal Correio da Bahia, o Grupo Gay do estado enviou um comunicado repudiando as declarações do político.

"O GGB solicitou uma copia do áudio visual com o pronunciamento do deputado para fazer uma análise do perfil do parlamentar e responder seus ataques a uma população que possui direitos e deveres, paga seus impostos, sendo inadmissível que um parlamentar utilize um espaço democrático e social como a Casa Legislativa para semear ódio, preconceito e intolerância, já que seu mandato é patrocinado pelo dinheiro público dos impostos de todos os cidadãos", afirma o comunicado.
 

Mais Notícias