Reportar erro
Novelas

Aguinaldo Silva se revolta com crítica a ator que interpreta Felipe

Ator já rebateu as críticas em recente entrevista: "estou onde estou pelo reconhecimento do meu trabalho".

autoraguinaldosilva2901.jpg
Foto: TV Globo/Renato Rocha Miranda
Diego Falcão

Publicado em 29/01/2015 às 16:51:37

O autor Aguinaldo Silva defende com toda força sua novela "Império" nas redes sociais. E não foi diferente ao ler uma critica no Twitter sobre o ator Laércio Fonseca, que interpreta o cozinheiro gay Felipe.
 
 
Na última terça-feira (27), um usuário que usa o nome de Mordomo Eugênio escreveu: "Na boa, mas esse Felipe não tem condição de atuar nem na quermesse do Bastião". Bastião era o funcionário da família Roitman em "Vale Tudo".
 
Irritado com a crítica, Aguinaldo Silva disparou: "E você é o mordomo que faz a limpeza do meu ânus". O tuíte foi compartilhado por diversos seguidores, mas já apagado pelo autor.
 
 
Apesar de ter levado na esportiva, o fora do autor ainda rende para o dono do perfil. 
Em tempo
 
Laércio Fonseca recebe diariamente críticas dos internautas quando surge em cena. Em recente entrevista ao Extra, ele falou sobre o assunto e considerou as reclamações injustas: "Só havia feitos papéis pequenos antes, ou comerciais. Não tenho amizade com diretor nem com o autor, estou onde estou pelo reconhecimento do meu trabalho".
 
Ele também deu uma resposta dura para quem o criticou, dizendo que irá "calar a boca" de quem fala mal de seu desempenho: "Vou calar a boca de quem fala mal de mim pelas redes sociais, porque sei do meu talento".
 
Império
 
Nos próximos capítulos da novela de Aguinaldo, inconformado por ter sido dispensado por Enrico (Joaquim Lopes), Felipe (Joaquim Lopes) ameaça matá-lo. Ele liga para Cláudio (José Mayer) e diz: "O seu filho vai ser meu. O Enrico sempre me rejeitou, me humilhou. Mas o que ele não sabe é que ainda vai ser todinho meu". 
 
O cerimonialista diz: "Aceita de vez que o Enrico não é gay". O cozinheiro diz que se ele continuar sendo rejeitado, Enrico não vai ser de mais ninguém: "vou acabar com ele!".
 
Mais Notícias