Novelas

Globo pode escalar atores veteranos para salvar "Além do Horizonte"


f43793153ec42949fbc687bf01ee7c1c.jpg
Divulgação/TV Globo
Insatisfeita com os rumos que "Além do Horizonte" vem percorrendo no Ibope (foram apenas 18 pontos de média nesta terça-feira, 12), a Globo pode promover uma série de mudanças para alavancar a novela.
 
O folhetim de Carlos Gregório e Marcos Bernstein vem tendo pouco mais de 60% dos índices que são esperados para o horário, os quais são considerados ideais quando oscilam na casa dos 30 pontos ou ao menos se aproximam dela - o que nem de longe é o caso da trama atual.
 
Com o quadro considerado bastante crítico, a Globo pode pular algumas etapas para salvar "Além do Horizonte". A emissora, por exemplo, não deve esperar o primeiro grupo de discussão, que é uma reunião com telespectadores para a avaliação de pontos fortes e fracos e que ocorre um mês após a estreia.
 
Um dos problemas que teriam sido identificados é o time de protagonistas, formado por Thiago Rodrigues, Juliana Paiva e Vinicius Tardio. Thiago é o mais experiente dos três. Juliana já veio de alguns outros pequenos trabalhos e se consagrou como a Fatinha, na temporada passada de "Malhação". Já Tardio está em sua primeira novela.
 
Segundo informações do jornal "Folha de S.Paulo", estuda-se a possibilidade de incluir novos núcleos na história, os quais não estavam previstos na sinopse original e com a participação de atores mais experientes. Também cogita-se até mesmo a escalação de um outro autor, o que foi negado pela Globo.
 
Autores e Diretores:
 
Apesar de estarem em sua primeira novela solo na Globo, Carlos Gregório e Marcos Bernstein contam com grande experiência em roteiros. Gregório, por exemplo, foi um dos roteiristas de "Se Eu Fosse Você", de Daniel Filho, e que é um dos filmes de maior sucesso do cinema brasileiro. 
 
Já Bernstein escreveu "A Vida da Gente" ao lado de Lícia Manzo e foi parceiro de João Emanuel Carneiro, autor de "Avenida Brasil", em "A Cura" e em "Central do Brasil", filme protagonizado por Fernanda Montenegro e indicado ao Oscar.
 
Além deles, há um time reforçado de colaboradores. Há seis autores colaborando com Gregório e Bernstein, com destaques para Ricardo Hofstetter, que já tem experiência como autor solo de "Malhação", e Sérgio Marques, com quase 30 anos de dramaturgia e que tem vários serviços prestados a Gilberto Braga, como em "Insensato Coração", "Paraíso Tropical", "Celebridade", "Força de um Desejo", "Anos Rebeldes" e "O Dono do Mundo".
 
Já na direção-geral, apesar da mesma ser liderada pelo também novato Gustavo Fernandez, a Globo teve o cuidado de escalar Ricardo Waddington para o núcleo. Waddington também tem sob seus cuidados "Joia Rara", que também tem problemas de audiência, mas está em alta na casa devido aos resultados de "Avenida Brasil" e de outros produtos fora da dramaturgia, como o "Amor & Sexo".
 
Mais Notícias