Conheça a Xilften, a Netflix pirata

Serviço anunciou fim das atividades no sábado (10), mas títulos continuam disponíveis

Reprodução

Publicado em 13/03/2018 às 09:52:48 ,
atualizado em 13/03/2018 às 10:27:04

Por: Thiago Forato

Uma plataforma de streaming vem chamando a atenção com um vasto conteúdo e bem semelhante à Netflix.

Trata-se da Xilften, que se você reparar é Netflix ao contrário, e está atraindo cada vez mais usuários com seu catálogo igual ao serviço mais famoso, mas com uma diferença: há vários filmes que ainda estão em cartaz no cinema.

Por lá, o usuário espera menos tempo para ver um sucesso de bilheteria. Ou fracasso, que seja.

Contudo, a plataforma é supostamente considerada ilegal no Brasil. O site foi registrado por um brasileiro em São Paulo e simplesmente importa conteúdos de outros sites do mesmo segmento.

Há cerca de três anos, uma grande operação da Polícia Federal fechou diversos sites de streaming ilegais, incluindo o Mega Filmes HD, apontado como o maior deles.

O Xilften é gratuito e pode ser acessado fazendo um simples cadastro. Por se tratar de um serviço supostamente ilegal, não é recomendável que o usuário use uma senha padrão.

Em seu Facebook oficial, a empresa esclarece que nada é hospedado no site e todo seu conteúdo é oriundo de diversos produtores.

No dia 20 do mês passado, eles explicaram a razão de diversos filmes e séries ficarem sem funcionar.

No último sábado (10), a plataforma prometeu: "Pessoal, para a página não morrer, vamos fazer transmissões de filmes, séries e desenhos ao vivo".

No mesmo dia, a Xilften anunciou o fim das atividades por conta de direitos autorais, embora ainda seja possível acessar grande parte dos títulos disponíveis pelo endereço xilften.net.

Procurada, a Xilften ainda não atendeu o contato da reportagem até o fechamento desta matéria.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade