Reportar erro
Polêmica

Ex-BBBs Gleici e Paula brigam nas redes sociais: "Racista"

As duas trocaram farpas

Paula e Gleici
Paula e Gleici - Foto: Montagem/Reprodução
Redação NT

Publicado em 28/08/2019 às 15:50:04

Campeã do "BBB18", Gleici utilizou suas redes sociais para compartilhar uma série de vídeos onde aparece chorando e refletindo como comentários maldosos feitos na web podem machucar os outros.

Após ver o desabafo, quem decidiu se pronunciar foi a vencedora do "BBB19", Paula, que não economizou nas palavras para criticar a acreana em um comentário no post, afirmando que ela a atacou e a julgou enquanto estava no reality show da Globo no começo do ano.

“É de cortar o coração te ver tristinha assim, e de pensar que você foi uma das pessoas que não se lembraram que as palavras machucam, que aqui do outro lado tem uma pessoa que no momento mais difícil viu você no meio da multidão me esfregando embaixo dos seus pés. Saiba que eu torci muito por você no BBB, e quando eu saí da casa, você foi uma das pessoas que me julgou, me atacou, e me ensinou a ser forte e não demonstrar minha fraqueza em um vídeo dessa forma”, escreveu em parte do longo comentário.

Ex-BBBs Gleici e Paula brigam nas redes sociais: \"Racista\"

Gleici rebate comentário de Paula

Em vista de tamanha repercussão, Gleici primeiramente foi até seu perfil no Twitter, e começou a fazer algumas publicações a qual todo mundo acredita que foram indiretas para Paula. "Passando vergonha" e "Que oportunista, meu Deus" diziam as mensagens.

Mais tarde, Gleici foi aos Stories do Instagram e começou a falar que não sente empatia por pessoas que são racistas, fazendo uma total referência para a mineira, que durante o "Big Brother Brasil" foi acusada de fazer uma série de comentários preconceituosos contra Rodrigo.

"Não tem como você ter empatia por alguém que é racista, que sabe que é racista, que não se arrepende dos seus atos racistas. Só se eu fosse racista. Do meu entendimento, não tem como ter empatia com quem é homofóbico. Tem que ter empatia com quem sofre homofobia", começou.

"Se a pessoa já foi homofóbica, já foi racista e hoje ela se arrepende, é muito diferente. Tem pessoas que passaram por processos dolorosos na vida e tentam reproduzir isso em outras pessoas. Mas elas podem procurar ajuda para melhorar isso. Eu conheço muitas pessoas em processo de desconstrução", finalizou.

Mais Notícias
Outros Famosos