"BBB18": Patrícia compara Paredão com o assassinato de seu pai

Reprodução

Publicado em 12/03/2018 às 10:09:23 ,
atualizado em 12/03/2018 às 10:41:34

Por: Redação NT

Patrícia e Diego passaram parte da madrugada tentando entender os motivos que os colocaram no Paredão.

A funcionária pública ficou revoltada ao perceber que o trio Caruso, Viegas e Wagner não votou em Jéssica. Se todos eles tivessem votado na personal trainer, Diego estaria livre da berlinda.

Patrícia ainda comparou o Paredão com o assassinato de seu pai. "Eles dizem que não gostam de combinação, mas vão lá e fazem a mesma coisa. Isso vai acabar voltando pra eles, o público não gosta disso. Mas ó, os caras que mataram meu pai, me diziam pra eu pagar pistoleiros pra matar os caras que fizeram isso. Mas não, eu não vou fazer isso, meu amor, eu não sou assim", disparou.

"O critério deles é votar em quem é ameaça, só isso. Não adianta eu ir lá e discutir com o Caruso, por exemplo, que eu sei que votou em mim. É isso, funciona assim", respondeu Jéssica.

O pai de Patrícia foi morto a tiros há 11 anos, após um assalto. Mesmo entregando tudo, levou um tiro no abdômen. “Eu vi o meu pai em pé, baleado. Foi a cena mais horrível que já vi na minha vida”, desabafou ela recentemente no confinamento.

“Ele ainda ficou 24 horas vivo. Morreu 15 minutos para a virada do ano, no dia 31 de dezembro”, contou.

Quem você quer fora do BBB18: Patrícia, Caruso ou Diego?



publicidade

TAGS:

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade