Reportar erro
Isenta?

Patrícia Abravanel defende jornalismo do SBT e crava: "O impeachment só vai atrasar o Brasil"

"Não temos partidos", garantiu a apresentadora

Jair Bolsonaro, à esquerda, e Patrícia Abravanel, à direita, em montagem do NaTelinha
Patrícia Abravanel garante que SBT é isento na cobertura política - Foto: Reprodução/SBT
Redação NT

Publicado em 09/09/2021 às 10:11:28,
atualizado em 13/09/2021 às 08:58:53

Patrícia Abravanel saiu em defesa do jornalismo do SBT na manhã desta quinta-feira (9). Cobrindo a greve dos caminhoneiros no Vem pra Cá, ela afirmou que se trata de uma paralisação espontânea e discordou de quem é a favor do impeachment de Jair Bolsonaro do país. "O impeachment só vai atrasar o Brasil", opinou.

A filha número quatro de Silvio Santos também defendeu o jornalismo do SBT de possíveis críticas que dizem que a emissora é a favor do governo. "Não temos partidos, somos a favor do que o povo quer. O povo elegeu o presidente, assim como na outra eleição elegeu a Dilma. Nosso jornalismo aqui é isento", garantiu.

Em outro momento, desconfiou dos números divulgados nos manifestos a favor do presidente na última terça-feira (8) e disse que as imagens falam mais que qualquer coisa. Sobre o preço dos combustíveis, novamente defendeu o presidente: "O Bolsonaro entra nesse cenário falando 'calma'. O povo tem que entender que o impeachment só vai atrasar o Brasil, deixar o país numa situação pior. O ideal é que se resolva isso em Brasília".

Patrícia Abravanel e o governo Bolsonaro

A apresentadora do Vem pra Cá é casada com o Ministro das Comunicações Fábio Faria, do governo Bolsonaro. Na última terça-feira (7), ela se mostrou surpresa quando a repórter entrevistou uma manifestante, que detonou o mandatário: "Fora, Bolsonaro genocida! Genocida! Já deu. Já passou. Já tem cinco anos de sofrimento neste país.

O matutino do SBT vem usando seu jornalismo como principal ingrediente na arma de audiência. Mais da metade do programa já vem tendo o factual como carro-chefe. A aceitação do público e anunciantes vêm sendo avaliadas como positiva e a ideia é continuar apostando em pautas quentes do noticiário para alavancá-lo.

Assista o vídeo:

 



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias