Reportar erro
SBT

Roberto Cabrini relembra reportagens mais marcantes nos 10 anos de Conexão Repórter

Programa comemora primeira década no ar com mais de 2000 minutos à frente da Globo

Roberto Cabrini no Conexão Repórter
Roberto Cabrini no Conexão Repórter (Foto: Divulgação/SBT)
Paulo Pacheco

Publicado em 17/07/2020 às 18:55:13

O SBT exibirá na próxima segunda-feira (20) uma edição comemorativa do Conexão Repórter. O programa de Roberto Cabrini completa dez anos no ar, e o jornalista relembrará as reportagens mais importantes nesta década.

O Conexão Repórter conquistou troféus como Esso e Comunique-se. Cabrini, aliás, foi o único não-global a receber por duas vezes a premiação na categoria repórter de mídia falada.

O programa também foi exibido ao vivo nas coberturas dos ataques de Paris, em novembro de 2015; as tragédias de Mariana, em 2015, e Brumadinho, em 2019; a queda do voo da Chapecoense na Colômbia, em 2016; o acidente aéreo de Eduardo Campos, em 2014; os massacres na escola de Realengo, em 2011, e Suzano, em 2019; e o caso de estupro coletivo de uma menor de idade no Rio, em 2016.

"É a realização de um grande sonho completar 10 anos com a conquista de tantos prêmios e tantos objetivos, com o programa consagrado e reconhecido por todos. Isso nos motiva a continuar nesse trabalho de fazer jornalismo investigativo a serviço da população”, afirma Roberto Cabrini.

Contratado por Silvio Santos em agosto de 2009, Cabrini retornou à emissora com carta branca para criar o programa jornalístico, do nome à montagem da equipe, hoje composta por cerca de 20 profissionais entre editores, produtores, câmeras e auxiliares. O Conexão Repórter estreou em 4 de março de 2010, porém teve a edição comemorativa adiada em função da pandemia de coronavírus.

Avesso ao jornalismo, Silvio tem motivos para elogiar o Conexão Repórter. O programa acumula 2300 minutos na liderança de audiência, à frente da Globo, e se mantém em segundo lugar, com ampla vantagem sobre a Record.

"Como editor-chefe, compartilho a alegria deste momento com nossa equipe, com todos os setores da emissora que participam ou participaram das mais variadas formas dessa jornada, com nossa direção que sempre nos deu liberdade editorial e notável apoio e com nosso público, razão da existência do Conexão”, comemora o jornalista.

Mais Notícias