Fura olho!

“A Dona do Pedaço”: Antero pede Evelina em casamento e causa o maior climão

Marlene briga com Evelina e tenta reconquistar o amor do advogado em “A Dona do Pedaço"

“A Dona do Pedaço”: Antero pede Evelina em casamento e causa o maior climão
O clima vai esquentar na casa da Marlene - Reprodução

Publicado em 08/09/2019 às 08:15:00

Por: Taty Bruzzi

Desde que se conheceram que rola um clima entre Antero (Ary Fontoura) e Marlene (Suely Franco) em “A Dona do Pedaço”. Quando ele finalmente decidiu se declarar para sua amada, sofre um aneurisma e fica sem memória. 

Depois de receber alta, o advogado se hospeda na casa da ex-professora e como Evelina (Nívea Maria) e Maria da Paz (Juliana Paes) também estão morando lá, a mãe da boleira passa a cuidar do amigo da filha. 

Como está desmemoriado, o advogado não se lembra dos sentimentos que nutre por Marlene. Por outro lado, a aproximação com a capixaba irá confundi-lo ainda mais. Nos próximos capítulos da trama, Antero vai pedir a mãe da Maria da Paz em casamento e causar um mal-estar entre as três mulheres.

Confira!  

Antero recupera a memória e pede Evelina em casamento

Depois que saiu do hospital, Antero se hospedou na casa da Marlene e passou a ser cuidado por Evelina. A mãe da Maria da Paz mora na casa da professora com a filha desde que Jô (Agatha Moreira) as expulsou da mansão. Enquanto estava desmemoriado, o advogado se aproximou da capixaba que o trata com muito carinho. Nos próximos capítulos de “A Dona do Pedaço”, o advogado já vai ter recuperado a memória e pede a mão de Evelina em casamento na frente da boleira e da sua ex-namorada, causando um tremendo mal-estar.

“Deixem de conversa, o Antero veio nos visitar. Tenho certeza que tem algo a dizer!”, fala Marlene, acreditando que ele vai pedi-la em casamento. “Para mim, mais que um dia, é uma ocasião especial”, diz Evelina sem que ninguém desconfie de nada. “Eu vim aqui para agradecer a mulher que cuidou de mim… que fez com que eu recuperasse a memória… A mulher sem a qual… eu talvez nem estivesse aqui. Eu quero dizer… que quero que essa mulher me acompanhe o resto da vida. Porque ela se preocupa comigo, porque ela cuidou de mim. Eu ofereço essas flores a essa mulher especial. Evelina! Casa comigo, Evelina?”, faz o pedido para surpresa de todas. A sequência vai ao ar no dia 19 de setembro. 

Evelina se faz de santa, mas comemora o pedido de casamento do advogado

Ninguém podia imaginar que Evelina e Antero estavam tão próximos, até que o Advogado toma coragem e pede a mãe de Maria da Paz em casamento sem se preocupar que está magoando Marlene. Tendo conhecimento do pedido do advogado, ela se arruma toda para aguardar a hora tão esperada. Confrontada pela professora. A capixaba se defende. “Foi pega de surpresa coisa nenhuma. Foi se trocar antes do Antero chegar. Sabia que vinha coisa por aí”, questiona Marlene. “Eu me troquei porque gosto de andar bem vestida… é normal. Nem me passava pela cabeça”, rebate a mãe da Maria da Paz.

Enquanto as duas se alfinetam, Antero aguarda ansioso por uma resposta da dona de casa. Sem graça, Maria da Paz se mete e tenta acalmar os ânimos entre as duas senhoras. “Doutor Antero… a minha mãe tá muito surpresa… a Marlene mais ainda. A gente agradece as flores. São lindas”, aparta. Entretanto, o advogado se nega a sair de lá sem o “sim” de Evelina. A boleira insiste e acaba se estranhando com Marlene. “Ainda tem muita coisa pra ser conversada. Agora é melhor a gente… eu e elas duas… bater um papo, entre nós… O senhor vai ter sua resposta”, convence a ex-empresária.

Antes de ir embora, Antero chama Evelina de anjo e Marlene retruca. “Anjo, ele chamou você de anjo?”, esbraveja. A mãe da Maria da Paz faz a egípcia, mais uma vez. “Eu não faço ideia do que tá acontecendo”. As duas voltam a discutir e a mãe de Josiane decide interver. “Gente, não vamos brigar agora. Tá tudo certo, tá tudo bem. É melhor conversar depois, quando a poeira baixar. Que sufoco”, encerra o assunto. A cena deve ir ao ar no próximo dia 19. 

Marlene afasta rival e se joga para cima do advogado

Revoltada com a traição de Evelina, Marlene não está disposta a abrir mãos de Antero. Decidida a reconquistar o amor da sua vida, a professora resolve afastar a mãe da Maria da Paz do advogado e conta com a ajuda da boleira que já havia aconselhado a dona de casa a evitar o amigo. A iniciativa da professora é para fazer com que o advogado se lembre do sentimento que nutria por ela. Antes, Marlene acusa Evelina de traição. “Você quer me roubar o Antero”, ataca. A dona de casa se defende. “Eu… nunca. Eu nem pensei que ele podia se interessar por mim. Já nem tenho idade. Pois é, até me admira o doutor Antero pensar em casamento…”, argumenta.

“Esqueceu de mim? Eu levei o Antero para o hospital. Trouxe para minha casa, marquei consulta particular. Você quer roubar o Antero”, aponta o dedo. Nessa hora, Evelina garante que nunca fez nada para que essa situação ocorresse. Então, é Maria da Paz quem defende a mãe. “Marlene, pode ser que o doutor Antero esteja confundindo gratidão com sentimento… Pode ser que com o tempo ele se recorde que queria casar com você”, sugere a boleira. “Marlene, vamos dar tempo ao tempo. Eu tenho certeza que a minha mãe nem se interessa em casar de novo”, opina a protagonista. “Eu vou cuidar. Quem sabe assim ele se lembra de mim!”, bate o martelo a professora.

A cena vai ao ar no capítulo do dia 20 de setembro.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!