Reportar erro
Muitas mortes

"A Dona do Pedaço": Em reunião, personagem atira em Maria da Paz e morre

Protagonista novamente sofrerá atentado

Juliana Paes abraça Marcos Palmeira, ambos caracterizados como Maria da Paz e Amadeu de "A Dona do Pedaço"
Maria da Paz (Juliana Paes) verá outro membro da família morrer em "A Dona do Pedaço". Foto: Divulgação
Naian Lucas

Publicado em 29/07/2019 às 13:00:54

Se existe alguém que sofre mais tentativas de assassinatos em "A Dona do Pedaço", essa pessoa é a protagonista Maria da Paz (Juliana Paes). E nos próximos capítulos da novela, ela irá novamente sobreviver por pouco e, pior, ainda verá um membro da sua família sucumbir bem na sua frente.

Tudo começa quando ela souber que as famílias Matheus e Ramirez continuam em pé de guerra e na ânsia por manter a vingança iniciada há 20 anos no Espírito Santo. Isso tudo marcou a primeira fase da novela de Walcyr Carrasco, com direito a Fernanda Montenegro pistoleira.

Em cenas previstas para irem ao ar no final da próxima semana, Maria da Paz perderá a paciência com a guerra sem fim das famílias e decidirá mandar buscar todo mundo no Espírito Santo para selar um novo acordo de paz. Acontece que nem todos aceitarão o acordo e Adão (Sérgio Ferrario) aproveitará a chance para apontar uma arma para Amadeu (Marcos Palmeira).

"Eu chamei todos aqui pra selar um pacto", dirá a mocinha, que cedeu a confeitaria para o acordo. "Cê já tentou fazer um pacto quando era moça, Maria da Paz. Acabou em mais morte. Passei a vida toda querendo acabar com a raça dos Matheus. Só assim, nós, que somos Ramirez, vamos ter tranquilidade", retrucará o tio.

\"A Dona do Pedaço\": Em reunião, personagem atira em Maria da Paz e morre

Amadeu não demonstrará medo, mas lembrará que não está ali para novo derramamento de sangue. "Eu e meu sobrinho viemos em paz", lembrará o bom moço. A partir daí, ambas as famílias irão tentar selar o acordo, mas Adão seguirá irredutível. 

"Eu acabo com você, que é o chefe dos Matheus. E depois com esse aqui, que é seu sobrinho. Já rezou, Amadeu? Se não rezou, pede depressa perdão dos seus pecados, porque é agora que você vai partir", zombará.

Mas Maria da Paz novamente demonstrará que não teme morrer ou mesmo os riscos da família. Ela se colocará à frente de Amadeu e lembrará que todos estão ali a pedido dela, então se alguém precisa morrer é ela: "Cês vieram por conta da minha palavra. Se é pra alguém morrer pela traição, sou eu".

Adão ficará irritado com a sobrinha e se sentirá ofendido. "Não me chama de traidor", bradará. Desesperada, Maria retrucará sem medo: "Atira, atira em mim antes de acabar com o Amadeu". 

É aí que Adão começará a passar mal e deixará todos ainda mais nervosos. Mas ele não se dará por satisfeito e irá atirar em direção a Maria da Paz e Amadeu, porém não acertará. Logo depois, Adão tem uma parada cardíaca e morre diante de todos, terminando novamente em tragédia a tentativa de acordo entre o Matheus e os Ramirez.

Mais Notícias