Thiago Lacerda comenta sobre "Alto Astral" e diz adorar falar palavrão

Thiago Lacerda comenta sobre
Divulgação/TV Globo

Publicado em 11/01/2015 às 15:16:20

Por: Sem autor

Atualmente interpretando o vilão Marcos em "Alto Astral", o ator Thiago Lacerda falou sobre o seu papel na novela de Daniel Ortiz.

Em entrevista para o jornal Extra, Thiago exaltou a qualidade do texto do folhetim e brincou dizendo que adora falar palavrão na sua vida: "A novela tem um texto bem coerente, gosto muito. O Marcos não é politicamente correto. O politicamente correto me incomoda. As pessoas têm dedos para falar, com medo de os outros se ofenderem. Adoro falar palavrão, f****-se os que não gostam. M**** para mim é vírgula. Claro que não vou sair por aí falando besteira, mas tudo bem eu dizer que o Marcos é um escroto. Por que não?".

Para ele, o personagem veio no momento certo, de amadurecimento como ator e como pessoa: "Desta vez, tem um certo amadurecimento da minha parte. A minha profissão é feita do tempo. Aos 36, eu sou um ator mais interessante do que era há 10 anos. Isso me dá uma possibilidade mais lúcida de entendimento do personagem".

O ciúme e a inveja que o cirurgião da trama das 19h têm do irmão, Caíque (Sergio Guizé), observa Thiago, é proveniente de “uma insegurança afetiva muito grande”: "O fato de ser filho adotivo e ter sido rejeitado algumas vezes gerou nele os sentimentos de inveja e competição. A vida do Marcos é uma sucessão de derrotas para o Caíque. E ter perdido a noiva (Laura, interpretada por Nathalia Dill) para ele foi só um agravante. Mas me parece que o Marcos não ama essa mulher. Ele a quer por um motivo que a gente saberá em breve".

"Alto Astral" tem marcado médias de 20 pontos na Grande São Paulo. Após um início em alta, a novela deu uma estagnada nos números.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!