"Amor à Vida": Bruno invade clínica psiquiátrica e resgata Paloma

Ele conta com o apoio de Lutero, Bernarda, Ordália, Carlito, Pérsio e Rebeca. A cena será eletrizante.

Divulgação

Publicado em 22/08/2013 às 08:05:44

Por: Diego Falcão

Em cenas eletrizantes que vão ao ar nos próximos capítulos de "Amor à Vida", Bruno (Malvino Salvador) vai conseguir tirar Paloma (Paolla Oliveira) da clínica psiquiátrica.

Tudo acontece quando ele pede para Lutero (Ary Fontoura) conseguir uma ambulância no hospital San Magno e uma roupa de enfermeiro.

O ex-diretor consegue tudo o que o corretor quer e se dirige para a clínica a fim de distrair a diretora enquanto Bruno, Bernarda (Nathalia Timberg), Ordália (Eliane Giardini), Carlito (Anderson Di Rizzi), Pérsio (Mouhamed Harfouch) e Rebeca (Paula Braun) estão na ambulância aguardando o momento exato.


Enquanto Lutero conversa com a diretora, Pérsio diz à recepcionista que a ambulância está esperando autorização para entrar com um novo paciente.

Um médico da clínica psiquiátrica se aproxima da ambulância e Ordália diz: "O chamado foi daqui. A gente veio buscar uma paciente, parece que ela tem que fazer uma operação urgente. Tá aqui o nome: Paloma Khoury". O médico diz que não tem cirurgia alguma para ser realizada e vai atrás da diretora.

Ordália aproveita o momento para pedir aos demais levarem Paloma para a ambulância. A recepcionista liga para a diretora avisando da confusão na portaria, mas Lutero impede que ela saia da sala. Os dois começam a brigar e Bruno, com o apoio de Pérsio, coloca Paloma na maca para levar até o veículo.

Para causar mais tumulto, Bruno liga para os bombeiros e diz que está acontecendo um incêndio na clínica.

Enquanto isso, os funcionários escutam os gritos da diretora vindo da sua sala e arrombam a porta. Quando Bruno está colocando Paloma na ambulância, a diretora aparece e diz que ninguém vai sair dali. O corretor quebra o alarme de incêndio da clínica, deixando todos os pacientes atordoados.

[galeria]

Os bombeiros chegam e perguntam: "Evacuar o prédio, todo mundo! Onde é o foco do incêndio?". Na confusão, Bruno avisa que o fogo é dentro da clínica e os pacientes saem agitados e nervosos.

Neste momento, o corretor aproveita para sair dali com Paloma, mas dois enfermeiros tentam impedir. Eles começam a brigar. Rebeca tenta soltar Lutero, que ficou preso na sala da diretora, mas uma enfermeira briga com ela.

A diretora vai para cima de Bruno e Paloma, mas é empurrada por Ordália. A mãe de Bruno consegue finalmente colocar a pediatra na ambulância e todos conseguem sair da clínica psiquiátrica.

Bernarda sugere que todos sigam para a sua chácara, a fim de que não sejam encontrados por ninguém. Bruno vai em casa e foge com Paulinha para a antiga casa da avó da amada.

"Amor à Vida" vai ao ar logo após o "Jornal Nacional".



COMENTÁRIOS