Reportar erro
Fenômeno pelo país

"Balanço Geral" fecha 2017 na liderança em Salvador e Vitória e se destaca em outras 10 praças

Confira levantamento obtido com exclusividade

balancogeralbahia-joseeduardobocao_2b2139ba8c3fcf5366efb1e2e404c6e3b1019a72.jpeg
José Eduardo liderou audiência em 2017 na Bahia - Reprodução
Fabrício Falcheti

Publicado em 06/01/2018 às 09:47:41

Formato consagrado da Record TV, o "Balanço Geral" fez sucesso com suas várias edições espalhadas pelo Brasil em 2017, chegando a alcançar o primeiro lugar na média anual em duas praças.

Isso aconteceu em Salvador e Vitória, onde são considerados fenômenos de audiência e repercussão.

Na capital baiana, o programa apresentado por José Eduardo, o popular Bocão, registrou 17 pontos de média ao longo de todo o ano, superando a TV Bahia/Globo, que ficou atrás com 14.

Já na capital do Espírito Santo, a edição apresentada por Amaro Neto ficou na liderança com 15 pontos. O "Balanço Geral ES" foi dono do maior pico da marca em todo o Brasil, chegando a 30,3 no Ibope.

\"Balanço Geral\" fecha 2017 na liderança em Salvador e Vitória e se destaca em outras 10 praças

Por lá, a popularidade do apresentador é tão grande, que ele entrou para a política e foi o deputado estadual mais votado do Espírito Santo em 2014.

Além das duas praças, o "Balanço" também se destacou em Belo Horizonte e Belém, com média anual de 10 pontos. Na capital mineira, o programa apresentado por Mauro Tramonte garantiu o segundo lugar com larga vantagem sobre a TV Alterosa/SBT, que fechou com apenas 3 pontos. E ainda se aproximou da Globo, que ficou com 12.

No Distrito Federal, o "Balanço Geral DF", apresentado por Fred Linhares - que entrou no lugar de Marcão do Povo após polêmica com Ludmilla -, registrou 9 pontos de média, em segundo lugar. Também alcançou 9 pontos o "Balanço Geral PE", com Hugo Esteves.

\"Balanço Geral\" fecha 2017 na liderança em Salvador e Vitória e se destaca em outras 10 praças

Em São Paulo, o "BG SP", sob comando de Reinaldo Gottino e com a presença de Fabíola Reipert com o quadro "A Hora da Venenosa", garantiu a vice com 8 pontos de média em 2017, com direito a 4.700 minutos de liderança.

No Rio, com apresentação de Tino Júnior, o "Balanço Geral RJ" também fechou o ano com 8 pontos. Mesmo índice registrado pelas versões de Campinas e Curitiba, ancoradas por Jair Duprá e Gilberto Ribeiro, respectivamente.

Por fim, também garantiram o segundo lugar em 2017 o programa do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, apresentados na ordem por Alexandre Mota e Raphael Polito. Em Porto Alegre, foram 7 pontos de média anual, e em Florianópolis, 5.

O "Balanço Geral" vai ao ar na faixa do almoço na Record TV e suas afiliadas.