Notícias

Band deve abrir mão de Mundiais da Fifa e da Champions League

Emissora já perdeu o Campeonato Brasileiro em 2016


band-logo-grande.jpg
Crise financeira toma conta da Band - Divulgação/TV Bandeirantes

A crise financeira da Band está chegando a níveis impensáveis. Para conter gastos, a emissora paulista deverá abrir mão de um de seus mais importantes alavancadores de Ibope: a UEFA Champions League.

Segundo o jornalista Eduardo Ohata, o principal torneio de clubes da Europa deverá sair do canal por conta de falta de dinheiro para pagar o sub-licenciamento à Globo.

Além disso, a Band também não deve renovar os contratos de Mundiais da FIFA de base, como o masculino e feminino sub-17 e sub-20, além da Copa do Mundo de Futebol Feminino, que também rende boa audiência sempre que vai ao ar.

O mais desesperador fica pelo caso da Champions League. Nesta última temporada - 2015/16 -, a Band marcou média em torno de 7 a 8 pontos de audiência na Grande São Paulo, sendo vice-líder com o índice.

O Ibope é maior até que atrações consagradas da emissora, como o reality culinário "MasterChef" e o humorístico "Pânico na Band". Na final da última temporada, entre Real Madrid e Atlético de Madrid, no último dia 28 de maio, a Band chegou a pico de 10 pontos na Grande SP, raramente atingidos pelo canal.

Além disso, a incerteza aumenta em relação a manutenção do departamento esportivo. Sem Brasileirão e Champions, o setor fica esvaziado e o medo de demissões só aumenta.

Procuradas, tanto a Globo quanto a Band dizem que o negócio ainda não foi oficializado.

TAGS:
Mais Notícias