Reportar erro
Notícias

Dedé Santana desabafa sobre sua vida no "Domingo Espetacular"

dedesantana-viniciusdonola-domingoespetacular-24012016.jpg
Divulgação/TV Record
Fabrício Falcheti

Publicado em 24/01/2016 às 12:57:11

Às vésperas de completar oitenta anos, Dedé Santana fala com exclusividade ao "Domingo Espetacular" e faz declarações inéditas sobre um momento delicado: a morte do primeiro filho, assunto que evitou comentar durante décadas.

O menino, Maurício, fruto de seu casamento com a atriz Ana Rosa, morreu com pouco mais de um ano, em 1960. “Eu fiquei tão desesperado naquela época....”, diz o humorista ao repórter Vinícius Dônola.
 
Ele ainda comenta o passado de sucesso, grandes momentos com "Os Trapalhões", e diz que a fama não o deixou rico.
 
Na conversa, Dedé fala da relação com Renato Aragão e dos boatos que surgiram de que os dois teriam brigado. “A gente é realmente feito marido e mulher. A gente é um casal, mesmo!”, brada.
 
Dedé lembra com saudade do parceiro Mussum e das brincadeiras do amigo. “O Mussum era um cara que chegava em uma sexta-feira e dizia assim: 'Compadre, vai para minha casa'. Eu dizia: 'Por quê?'. 'Porque eu vou passar o final de semana na sua casa'”.
 
O ator ainda lembra outra grande tristeza, a morte do irmão Dino, seu braço direito: “Eu caí em depressão, fui para 130 kg, não queria mais saber de televisão, de trabalhar. Eu queria largar tudo”.

O "Domingo Espetacular" vai ao ar às 19h30, na Record.