Reportar erro
Notícias

Sindicato entra na Justiça para tentar reverter demissões na TV Cultura

4e5faedb29f3f256e8c574f301107051.jpg
Divulgação
Redação NT

Publicado em 22/07/2015 às 21:33:43

O Sindicato dos Radialistas de São Paulo entrou com liminar na Justiça nesta última terça-feira (21) para tentar reverter as 53 demissões realizadas na TV Cultura no último dia 15.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a entidade informou que a ação está em andamento e uma nova audiência deve ocorrer na sexta-feira (24). O Sindicato dos Radialistas diz que a emissora descumpriu o acordo de greve, firmado no fim de junho, em que se comprometia a dar um mês de estabilidade aos funcionários. A Cultura diz ter pago trinta dias de trabalho para os demitidos.

Neste ano, o governo estadual reduziu o orçamento repassado à fundação Padre Anchieta, mantenedora do canal, o que gerou uma queda na receita publicitária no primeiro semestre. Segundo o Sindicato dos Jornalistas de São Paulo (SJSP), sobre o reajuste de 2014, a justificativa da empresa é que o Conselho de Defesa dos Capitais do Estado (Codec), órgão da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, vetou os pagamentos sob a alegação de que o governo estadual está com problemas financeiros e queda de arrecadação.

Vale ressaltar que a TV Cultura teve uma redução de verba enviada pelo Governo de SP de cerca de 21% em 2015. No ano passado, a TV pública recebeu 218 milhões de reais. Este ano, o valor caiu para R$ 173 milhões, o que dificultou a vida financeira da emissora.

Mais Notícias