Reportar erro
Notícias

Após cair de cavalo, Pelajo não descarta possibilidade de voltar a montar

Cristiane Pelajo revelou qual era sua maior preocupação: "ficar boa"

christianepelajo-fotonova.jpg
Foto: Divulgação/ TV Globo
Diego Falcão

Publicado em 15/07/2015 às 11:21:36

Em entrevista ao jornal O Globo desta quarta-feira (15), Cristiane Pelajo falou sobre sua volta ao trabalho, no comando do "Jornal da Globo", após um acidente com cavalo que aconteceu há pouco mais de um mês.
 
A jornalista revelou o que aconteceu no dia da queda: "O cavalo se assustou com alguma coisa e empinou. Eu caí e me machuquei do lado esquerdo (rosto, mão e joelho). Foi a minha primeira queda! Dizem que a primeira a gente nunca esquece, né? Eu, com certeza, não esquecerei [risos]!".
 
E completou: "Eu sou uma otimista incorrigível! Acho que isso me ajuda muito! Sempre tive certeza de que voltaria ao 'Jornal da Globo'! A minha maior preocupação era ficar boa o mais rápido possível para voltar logo. Eu amo o que faço e, realmente, sinto muita falta quando fico longe da bancada!"
 
Questionada sobre o que fazia enquanto se recuperava, ela contou: "Como sou jornalista, amo notícia e trabalho com isso, eu fazia o que faço todos os dias: lia os jornais, assistia aos telejornais da Globo e da Globonews e ficava muito na internet lendo notícias. Eu estava me recuperando de uma cirurgia. Tinha consultas médicas, exames, etc… A minha maior preocupação era ficar boa! Foquei nisso!".
 
Pelajo precisou fazer uma cirurgia no rosto e ficou com a mão imobilizada durante o período. Ela ainda não foi liberada pelos médicos para fazer atividades físicas, mas não descartou a possibilidade de voltar a montar. 
 
"Acho que sim! Mas ainda não pensei sobre isso. É tudo muito recente. O acidente só tem um mês!", declarou ao jornal.
 
O acidente
 
Após a queda, Christiane foi levada às pressas para um hospital, onde precisou ser submetida a uma cirurgia de reconstrução parcial do rosto, colocando um implante de placas de titânio.
 
Depois, Pelajo deu algumas entrevistas afirmando que, mesmo com o acidente muito feio, estava bem de saúde e não com o rosto totalmente desfigurado como chegou a ser ventilado por alguns veículos.