Reportar erro
Notícias

Silvio de Abreu analisa novelas e diz: tem muita coisa ruim que faz sucesso

oficioemcena-silviodeabreu.jpg
Divulgação
Fabrício Falcheti

Publicado em 07/07/2015 às 18:32:49

Diretor de Teledramaturgia Diária da Globo, Silvio de Abreu fala sobre as novelas atuais em entrevista ao programa "Ofício em Cena" desta terça-feira (07), na Globo News.

Há 38 anos na rede carioca, o novelista já viu o Brasil parar para assistir ao desfecho de uma novela sua, bem como ter que tirar uma trama do ar antes do prevista. Com informações do jornal Extra.

“Existe uma comunicação entre novela e público que faz com que eles aceitem ou rejeitem uma coisa independente da sua qualidade. Qualidade e sucesso não têm nada a ver uma coisa com a outra. Tem muita coisa ruim que faz sucesso e muita coisa boa que não faz”, brada ele no programa.

Silvio de Abreu também cita algumas mudanças que tem observado ao longo do tempo: “Antes o mocinho não precisava fazer nada, só por ele ser mocinho todo mundo já gostava dele. Hoje em dia, o personagem precisa ter atitude. A ética, entre ser bom e ser ruim, hoje não tem mais muita importância. Em 'Avenida Brasil', a Carminha (Adriana Esteves) e a Nina (Débora Falabella) eram um enorme sucesso e nenhuma das duas eram mocinhas, as duas eram duas pestes, uma querendo matar a outra”.

E completa: “A novela tem que ir se renovando. Esses truques de folhetim hoje em dia não funcionam mais”.

"Ofício em Cena" vai ao ar às 23h30.