Notícias

Em editorial, Globo manifesta apoio às prisões e investigações na FIFA


jornalnacional.jpg
Reprodução

Na manhã da última quarta-feira (27), o FBI prendeu em Zurich, na Suíça, pessoas ligadas à FIFA, acusadas de corrupção na entidade de futebol envolvendo compra de votos para decisões de sedes da Copa do Mundo e propinas para apoios em vendas de direitos de transmissão e marketing.

O caso escandalizou o mundo do futebol e os brasileiros também, porque o ex-presidente da CBF e atual vice, José Maria Marin, estava entre os presos na operação. Entre os 14 investigados pela Justiça americana está o empresário e jornalista J. Hawilla, proprietário da Traffic, conhecida empresa de marketing esportivo, e da TV TEM, afiliada da Globo no interior de São Paulo.

A rede carioca, então, se pronunciou sobre as prisões. Em editorial lido por William Bonner no "Jornal Nacional", a emissora ressaltou que apoia as investigações promovidas pelo FBI para que o futebol possa ter um ambiente mais honesto.

Vale ressaltar que a Globo é dona dos direitos de transmissão de torneios continentais e mundiais organizados pela Conmebol e FIFA, investigadas pela Polícia Federal Americana, como a Copa América e a Copa do Mundo.

Leia o editorial na íntegra:

"A TV Globo, que compra os direitos de muitas dessas competições, só tem a desejar que as investigações cheguem a bom termo e que o ambiente de negócio do futebol seja honesto. Isso só vai trazer benefícios ao público, que é apaixonado por esse esporte, e às emissoras de televisão do mundo todo, que como a Globo fazem um esforço enorme para satisfazer essa paixão".
 

TAGS:
Mais Notícias