Repórter volta à Globo depois de vazar vídeo com ex de presidente da CBF

Reprodução

Publicado em 30/04/2015 às 14:37:50

Por: Sem autor

Depois de ser afastado temporariamente por vazar um vídeo íntimo com a ex-namorada do presidente da CBF, Carol Muniz, o jornalista Thiago Asmar voltou a produzir reportagens para a Globo.

Porém, Asmar ainda não aparece para todo o Brasil, como anteriormente fazia, já que produzia matérias para o "Esporte Espetacular", principalmente. O jornalista voltou a aparecer nesta quarta (29) com notícias atualizadas do Flamengo, ainda no Rio de Janeiro.

Este material foi exibido apenas para Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Nordeste (exceto Pernambuco, Bahia e Ceará) e todo a região Norte.

Desde segunda (27), Asmar faz repotagens sobre clubes cariocas para esta edição especial do "GE", no entanto, não fazia passagens - como é chamada a aparição do repórter. Apenas sua voz ilustrava a matéria e o seu nome era creditado.

Entenda o caso

Thiago Asmar filmou e divulgou um vídeo em que Carol Muniz, ex-namorada do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, aparece nua e fala que ficou atraída pelo executivo do futebol por causa do "poder".

As imagens circularam na internet a partir do dia 8 de abril. Asmar e Carol tiveram um caso no fim do ano passado e neste momento é que o vídeo teria sindo gravado.

"Na época, no início, o poder envolve você. O poder, o cara influente. O cara é presidente, poder, mulher tem muito essa coisa. Não gosto de homem de academia, malhado, gosto de homem que eu admire. Ele é um cara muito inteligente. Não foi por dinheiro, foi pelo poder. O que me tentou foi o poder dele, a inteligência dele, é um cara respeitado, entendeu?!", diz ela na gravação.

A CBF teria pedido demissão do repórter, o que a Globo não fez, preferindo afastá-lo por um período.



COMENTÁRIOS