Notícias

Apresentador da Record Rio nega assédio à repórter: "se tornou minha amiga"


tinojunior-recordrio-reporter-fernandasanches.jpg
Reprodução

Apresentador da Record Rio, onde ancora diariamente o "RJ no Ar", Tino Júnior falou pela primeira vez sobre o polêmico caso com a repórter Fernanda Sanchez.

No mês passado, Tino deu uma cantada em Sanchez no ar, deixando ela totalmente sem graça. O apresentador e radialista disse que teria sonhado com um cofre, objeto que seria a moça durante toda noite, dizendo que estava tentando "descobrir o seus segredos". "Ainda bem que o seu namorado está na Europa", comentou.

Fernanda, sem graça, disse que ele voltaria logo, e Tino completou: "Volta com outra pessoa, bem feliz". Surpresa, a repórter tentou entrar na brincadeira: "Tá rogando para para o meu relacionamento, Tino?". O jornalista disse que não e se despediu dela: "Não, o que é isso. Só desejo coisas boas para você. Até daqui a pouco, fofa".

Em entrevista para o jornal O Dia, Tino Júnior  negou que tenha cometido qualquer assédio, disse que Fernanda é sua amiga hoje em dia e que os dois riram da repercussão do caso: "Depois do episódio, a Fernanda se tornou minha amiga. A gente ficou rindo da situação toda. Mas eu sou assim. Claro que tinha uma galera que não me conhece, que não está acostumada com as minhas brincadeiras. Pessoas que isolaram aquilo do contexto. Começaram a falar que era assédio moral. Como é assediar moralmente, se nem chefe dela eu sou? Se eu for entrar nessa paranoia, vou perder muito a liberdade, porque, no final das contas, não se pode fazer nada".

Tino Júnior passou mais de uma década trabalhando no rádio. Ele acumula passagens pelo Sistema Globo de Rádio, onde permaneceu por mais de cinco anos, e também na Rádio Globo e Beat98.

Veja o vídeo do caso: