Débora Falabella sobre "Dupla Identidade": "acho que nunca chorei tanto"

 Débora Falabella sobre "Dupla Identidade": "acho que nunca chorei tanto"
Divulgação/TV Globo

Fabrício Falcheti

Publicado em 18/09/2014 às 20:59:49,

Nesta sexta-feira (19), a Globo estreia a série "Dupla Identidade", de Gloria Perez.

Protagonizada por Bruno Gagliasso e Luana Piovani, quem também deverá chamar muita atenção na trama é Débora Falabella.

Isso porque sua personagem, a produtora de moda Ray, vai sofrer demais na história.

No último fim de semana, Débora gravou cenas da produção nas ruas de Copacabana, no Rio, e despertou interesse de quem passava pelo bairro. Ela brigou ao telefone, chorou e andou totalmente desnorteada pelo local.

“Ela é uma mulher com emoções muitos distintas. Vai do amor ao ódio em segundos e, por isso, Ray vai sofrer demais. Acho que nunca chorei tanto num trabalho”, conta a atriz em conversa com o jornal Extra.

Na série, Ray namora com Edu (Bruno Gagliasso), um serial killer que aparenta ser uma boa pessoa. “Ele é um príncipe. E como ela tem baixa autoestima, Ray não acredita que Edu goste dela”, conta Débora.

“Já estava com saudade da TV. Fiquei dois anos de férias, algo inédito na minha carreira. Mas precisava desse tempo porque ‘Avenida Brasil’ foi forte demais, desgastante. Nunca vi algo parecido e me orgulho muito em ter participado disso”, finalizou a atriz, que foi a Nina/Rita na novela de João Emanuel Carneiro, em 2012.

"Dupla Identidade" estreia amanhã, logo após o "Globo Repórter", a partir das 23h30.