Mário Frias entra com ação trabalhista contra a Record; entenda

 Mário Frias entra com ação trabalhista contra a Record; entenda
Divulgação

Sem autor

Publicado em 18/08/2014 às 15:16:41

Atualmente no ar como o professor René em "Malhação", o ator Mário Frias move um processo trabalhista contra a Record, canal onde trabalhou entre 2009 e 2010, atuando na novela "Os Mutantes" e "Bela, a Feia".

O processo está em curso na 61ª Vara de Trabalho do Rio de Janeiro. Nele, Mário pede que a emissora de Edir Macedo assine sua carteira trabalhista, que não foi registrada na época em que foi contratado.

Uma audiência entre ambos já foi feita, mas nenhum acordo foi firmado. A Record alega que a carteira de trabalho não foi assinada porque foi feito um contrato de natureza civil entre o canal e a empresa de Mário, a Mercúrio Produções Ltda – ME.

Segundo o processo, na época em que foi contratado, o ator ganhava R$ 18 mil, além de R$ 6 mil sob o título de produtividade e mais dez por cento do montante pelo direito de uso de sua imagem, totalizando um valor salarial médio por mês de R$ 26,4 mil. Mário Frias também pede um valor de repouso semanal remunerado.

Em conversa com o UOL, o advogado do ator, Luiz Fernando Basto, explicou: "Ele teve com a Record um contrato através de pessoa jurídica, só que dentro das características de uma relação de emprego. Ele está pretendendo desconfigurar o vínculo que foi formado, uma contratação atípica de prestação de serviço através de uma empresa e o reconhecimento do vínculo empregatício".

"A empresa teve a finalidade de esconder uma verdadeira relação de emprego. Ele estava subordinado a horário. Na defesa a empresa diz que ele tinha liberdade nas gravações. Quer dizer que, se estivesse fazendo sol ele poderia ir surfar em vez de contracenar?", questionou.

O problema, pelo que se consta, está longe de acabar.

Uma audiência está marcada para o dia 6 de novembro, às 11h, no fórum em questão. Porém, as chances de um acordo são mínimas.