Reportar
erro
Notícias

Missa de sétimo dia em homenagem a José Wilker é celebrada no Rio


a30aa8f497f3f00c00fba876a97b733f.jpg
Divulgação
Por Taty Bruzzi

Publicado em 12/04/2014 às 14:46:33

Na noite desta sexta-feira (11), foi celebrada a missa de sétimo dia pelo falecimento de José Wilker, vítima de um infarto fulminante no dia 5 de abril.

A cerimônia, presidida por padre Jorjão, contou com a presença de amigos e familiares do ator. Entre eles Guilhermina Guinle, uma das suas ex-esposas.

“Como não ficar triste uma hora dessas? Perda de um familiar, de um amigo, pai, esposo. Alguém que durante tantos anos se tornou intimo do povo. Wilker tinha um nome familiar, com uma voz inconfundível”, disse o seminarista.

A atriz Vera Holtz participou da cerimônia lendo uma carta sobre a passagem do tempo. “Morremos todos os dias, nascemos todos os dias. Estamos constantemente nascendo e morrendo. A morte não é nada. Só passei para o outro caminho. Me deem o nome que sempre me deram, José, Zé, Amor, falem comigo como quiserem”, falou.


“Vocês estão vivendo no mundo das criaturas, eu no mundo do Criador. Rezem, sorriam, pensem em mim, rezem por mim. Que meu nome seja pronunciado como sempre foi. O filme não foi cortado. Eu não estou longe, apenas estou do outro lado do caminho. Você que aí ficou, siga em frente, a vida continua. A vida continua linda e bela como sempre foi”, completou.

Já Isabel Wilker, filha do ator com a ex-esposa e atriz Monica Torres, participou da homenagem lendo um texto do pai sobre o ator Rubens Correa, escrito em 1968.

Ao término da leitura, Aracy Balabanian fez um comentário muito emocionado.

“Um grande amor da minha vida que se foi. Quando ele fala sobre Rubens Correa é aquilo. A saudade terrível que dá quando você volta ao local e depois de uma semana que se foi. Ele não está morto. Está vivo. Ele é nosso Zé”, opinou.

Quem também se mostrou bem emotiva com a missa foi Nicette Bruno, que perdeu o marido, o ator Paulo Goulart, no dia 13 de março, por decorrência de um câncer no mediastino.  

“O teatro perdeu um grande ator. Perdemos um belo companheiro de trabalho. O país perdeu uma pessoa inteligente, com senso de humor. Só nos resta fazer isso que estamos fazendo, orar por ele. Onde ele estiver está em paz”, concluiu.
 
Mensagem de agradecimento
 
Ainda se recuperando da perda brusca, a família do ator não quis conversar com os jornalistas, mas enviou uma mensagem de agradecimento ao apoio: “A família de José Wilker agradece as manifestações de carinho e todas as homenagens do público, da classe artística e da imprensa. Além do conforto neste momento de perda, tamanho afeto traduz a dimensão de um artista de todos, uma pessoa cuja grandeza se manifesta em cada gesto. Além do legado de sua arte, permanecem na memória de cada um de nós, seu humor, sua alegria de viver, sua vitalidade e sua força. Aplausos. Sem FIM”.