Chorão morreu após overdose de cocaína, conclui laudo da polícia

Vocalista da banda Charlie Brown Jr. faleceu no dia 6 de março

Divulgação

Publicado em 04/04/2013 às 16:45:23

Por: Fabrício Falcheti

Encontrado morto em seu apartamento no dia 6 de março, o vocalista Chorão, da banda Charlie Brown Jr., veio à óbito devido a uma overdose de cocaína.

O resultado foi apontado no laudo necroscópico da Polícia Técnico-Científica de São Paulo feito no corpo do cantor.

O exame mostra que Chorão apresentava 4,714 microgramas da droga por mililitro de sangue. Segundo os peritos, isso conclui que a causa da morte foi "intoxicação exógena devido à cocainemia".

O laudo será anexado ao inquérito da Polícia Civil. Depois de concluído, ele seguirá para o Fórum da Barra Funda para conhecimento do Ministério Público e da Justiça. Dessa forma, o processo pode ser arquivado.

O alto consumo de cocaína pode ter provocado um infarto ou um AVC (Acidente Vascular Cerebral) em Chorão. “A cocaína gera muita adrenalina, gera aumento da pressão, aumento da frequência cardíaca e respiratória, sobrecarga cardíaca e, com isso, tem menos sangue chegando no coração e no cérebro”, explicou o psiquiatra Thiago Fidalgo em entrevista ao site da Globo.

Segundo o profissional, pela idade do roqueiro (42 anos), a principal hipótese é que ele tenha tido um ataque cardíaco.

 



COMENTÁRIOS