Reportar erro
Em São Paulo

Pelé é cobrado na Justiça por dívida de mansão avaliada em R$ 7 milhões

Impostos e taxas de condomínio ultrapassariam R$ 150 mil, advogados negam dívida

Pelé participa de live em uma de suas mansões
Aos 80 anos, Pelé tem cobranças de altos valores na Justiça de São Paulo - Foto: Reprodução/Instagram
Redação NT

Publicado em 31/07/2021 às 17:01:00,
atualizado em 31/07/2021 às 21:41:00

Pelé vem recebendo uma série de cobranças na Justiça feitas por três prefeituras e um edifício em Santos. Os débitos são de impostos e de taxa de condomínio e ultrapassam os R$ 150 mil, além dos valores das ações e honorários com advogados. Entre as cobranças, a maior delas diz respeito a uma mansão avaliada em R$ 7 milhões, localizada a poucos metros da Praia de Pernambuco, no Guarujá.

As informações foram divulgadas neste sábado (31) pela Veja São Paulo. Dono de dois imóveis no Edifício Dondinho, que leva o nome de seu pai, o ex-jogador de 80 anos deve cerca de R$ 9 mil, referente a cotas condominiais de fevereiro a abril. No último dia 21 de julho, a Justiça de Santos deu um prazo de três dias para que o débito fosse quitado.

Há ainda quase R$ 26 mil a serem pagos à Prefeitura de São Paulo correspondentes ao IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) de um apartamento e à vaga na garagem de um prédio na Alameda Jaú, nos Jardins. O imóvel vale cerca de R$ 2 milhões.

Advogados de Pelé defendem que não há nada de estranho com os valores

Já em Juquiá, Pelé é acusado de desmatar parte de um terreno de mais de 6 milhões de metros quadrados, usados por ele para descanso desde os anos 1960. Em junho, ele foi proibido pela Justiça de intervir na preservação permanente do terreno e obrigado a cercar a área, sob multa de R$ 10 mil por dia caso descumpra as determinações.

À Veja São Paulo, os advogados afirmaram que não há nada de estranho com os valores, que são recentes e em grande parte constam pedidos de parcelamento. De acordo com a publicação, não há nenhuma petição que demonstre qualquer tipo de intenção de acordo. “Bom saber que a imprensa se preocupa com a saúde financeira do Pelé”, disse o advogado. Sobre o terreno em Juquiá, afirmou que não pertence mais ao ex-craque.



Mais Notícias
Outros Famosos