Julgamento

Ana Hickmann faz desabafo em defesa do cunhado e pede: "Rezem pelo Gustavo"

Gustavo Corrêa será julgado em segunda instância pela morte de fã obsessivo da apresentadora

Ana Hickmann faz desabafo em defesa do cunhado e pede:
Ana Hickmann ao lado do seu cunhado - Foto: Reprodução/Instagram

Publicado em 10/09/2019 às 11:33:00

Por: Redação NT

Ana Hickmann desabafou em sua conta no Instagram e pediu aos seus seguidores rezarem em favor do seu cunhado, Gustavo Corrêa, que será julgado em segunda instância pela acusação de homicídio em 2016, quando matou Rodrigo Augusto de Pádua, fã que invadiu o quarto de hotel onde estavam a apresentadora e Giovana Oliveira, ex-esposa de Gustavo. O homem fez os três de reféns e acabou sendo morto após lutar com Corrêa. O julgamento ocorrerá no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

“Hoje estou aqui para pedir para todos rezarem pela minha família, rezarem pelo Gustavo. Mais uma vez enfrentamos a justiça. Precisamos de força. A fé é o que nos acalma e da força. Mais uma vez temos que reviver a dor e a tortura que passamos naquele quarto de hotel, este pesadelo parece que não tem fim”, escreveu a apresentadora do matutino “Hoje em Dia”.

Gustavo já passou por julgamento em primeira instância pelo TJMG, sendo absolvido. Contudo, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) resolveu recorrer da decisão, levando o processo adiante.

Segundo a decisão da juíza do 2º Tribunal do Júri de Belo Horizonte, Âmalin Aziz Sant'Ana, o cunhado de Ana Hickmann agiu em legítima defesa e ainda afirmou que o mesmo não deveria ir a júri popular.

Apesar da preocupação, a defesa de Gustavo está confiante e acredita que a segunda instância irá manter a decisão da juíza Âmalin. Ana também escreveu no seu perfil, na última segunda-feira (09), que está otimista com o caso.

“Confiamos na justiça e amanhã, se Deus quiser, os desembargadores manterão a sentença absolutória, que entendeu que meu cunhado agiu em legítima defesa. Ele foi o Herói da história, salvou a minha vida e da Giovana”, declarou a comunicadora.


publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!