Luta

Internautas criam campanha contra Felipe Neto e youtuber reage: "Fracos"

Empresário se tornou protagonista na defesa contra a censura de Marcelo Crivella

Internautas criam campanha contra Felipe Neto e youtuber reage:
Felipe Neto não se curvou e respondeu aos ataques - Foto: Reprodução/Youtube

Publicado em 09/09/2019 às 12:29:38

Por: Redação NT

Felipe Neto se tornou o novo alvo dos eleitores de políticos de extrema-direita. Isto porque o youtuber saiu em defesa pública da comunidade LGBTQA+ e ainda promoveu distribuição gratuita de livros com temáticas deste público. Sua ação foi num ato de protesto contra a censura promovida pelo prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, na Bienal do Livro na capital carioca no último final de semana.

Internautas com ideologia de extrema-direita levantaram a hashtag “Pais Contra Felipe Neto”. Boa parte dos usuários do Twitter que usou a frase em seus tuítes disse que os responsáveis por crianças vão proibir que os menores de idade assistam ou leiam qualquer conteúdo produzido pelo empresário e comunicador.

O youtuber não se calou sobre o assunto e ironizou o episódio, acusando o PSL (Partido Social Liberal), legenda do presidente Jair Bolsonaro, de impulsionar a campanha contra ele.

“Fui ver a hashtag q o PSL criou pra me atacar e colocou bots pra impulsionar, mas só tinha tweet de pessoas do meu lado. Bots não conseguem vencer o povo, PSL. Na próxima, tentem com mais força. Vocês são fracos”, provocou.

Todo o imbróglio começou quando Crivella gravou um vídeo anunciando que fiscais da Prefeitura do Rio de Janeiro seriam autorizados a retirar livros com temáticas LGBTQA+ das estantes da Bienal, o que revoltou diversos artistas, inclusive Felipe Neto.

Como forma de protesto, o empresário comprou 14 mil livros sobre o assunto e doou no evento, seguindo as recomendações do prefeito Crivella. A distribuição durou cerca de duas horas e o público esgotou. Para provocar a decisão do mandatário, Felipe colocou na embalagem: “Este livro é impróprio para pessoas atrasadas, retrógradas e preconceituosas. Felipe Neto agradece a sua luta pelo amor, pela inclusão e pela diversidade”.

Confira abaixo a repercussão do boicote:


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!