Pegou fogo

De Milton Leite esquerdista a Paloma Duarte global: A semana dos famosos

Polêmicas de Danilo Gentili e queda de Padre Marcelo Rossi também agitaram o mundo dos artistas

De Milton Leite esquerdista a Paloma Duarte global: A semana dos famosos
Eles agitaram o mundo dos famosos nesta semana - Foto: Montagem

Publicado em 20/07/2019 às 07:30:24

Por: Naian Lucas

A semana dos famosos foi movimentada, surpreendente, cercada de brigas, polêmicas, emoções e despedidas. Sim, teve um pouco de tudo.

Paloma Duarte falou se acha a Globo ou a Record melhor, Padre Marcelo Rossi foi agredido, Milton Leite criticou o craque Neymar e defendeu o ex-presidente Lula, Leo Dias foi envolvido novamente em polêmica, Dunga e Alex Escobar trocaram novas farpas, além de tantos outros assuntos que pautaram o NaTelinha nesta semana.

Por isso, leia o resumão de tudo que aconteceu nos últimos e relembre os principais acontecimentos entre 14 e 20 de julho.

Confira:

Paloma Duarte

Paloma Duarte foi desafiada e precisou responder questões sobre qual emissora é melhor: Globo ou Record. A atriz, atualmente em “Malhação – Toda Forma de Amar”, escrita por Emanuel Jacobina, deu entrevista ao comediante Maurício Meirelles no canal dele no Youtube e o bate-papo acabou sendo disponibilizado aos internautas na última segunda-feira (15).

Em tom de brincadeira, as perguntas feitas pelo apresentador foram leves e Paloma demonstrou bom humor. Mauricio questionou quais das duas emissoras tem o melhor camarim. “Globo”, respondeu rapidamente. “Por quê? O que tem no camarim da Globo que não tem na Record?”, retrucou o humorista. “Ar-condicionado que não inunda camarim”, falou aos risos. “Eu vou ser processada, você sabe, né? Você vai pagar meu processo?”, acrescentou.

Outras comparações foram feitas e a Globo venceu como a emissora predileta da atriz. No bate-papo, ela ainda falou sobre sua relação com o avô Lima Duarte e a prima Gabriela Duarte.

Milton Leite

Milton Leite soltou o verbo e opinou sobre o jogador Neymar, além de assumir que votou nas últimas eleições em candidatos ligados ao espectro político de esquerda, como Fernando Haddad (PT). A entrevista foi concedida ao jornalista Marcelo Bonfá no canal do YouTube “Ping-Pong com Bonfá”, disponibilizado na plataforma na noite do último domingo (14).

Questionado sobre a acusação feita por Najila Trindade em relação ao craque da seleção brasileira, o narrador seguiu um caminho mais moderado e deixou claro que é difícil opinar neste primeiro momento. Ele, contudo, disse que o atleta foi inocente e deveria tomar mais cuidado com quem sai.

Questionado sobre as eleições do ano passado, ele se declarou esquerdista e assumiu que votou em Fernando Haddad, candidato na época pelo PT (Partido dos Trabalhadores). Por fim, disse que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi o melhor administrador do Poder Executivo Federal da história do país e que sua prisão foi injusta.

Queda Padre Marcelo Rossi

Uma mulher de 32 anos empurrou do palco o Padre Marcelo Rossi durante missa em Cachoeira Paulista (SP), no domingo. A fiel conseguiu furar a segurança e invadiu o palco.

O padre não sofreu graves lesões, apenas machucando os joelhos. A mulher prestou depoimento na delegacia e explicou que sofre de problemas psicológicos. Já Marcelo declarou que não prestaria queixa.

No dia seguinte, Danilo Gentili se envolveu numa enorme polêmica ao fazer piada. Ele ironizou a agressão que o padre sofreu. "Infeliz comentário! Sem graça e com uma falta de sensibilidade. Lamentável!", escreveu um. "É para rir?", comentou outro. "Não, não vi graça. Você vive de fazer piada, mas tem que fazer rir, caso contrário irá terminar como o Rafinha Bastos", disse mais um.

Danilo Gentili demissão

O humorista esteve no centro de outra polêmica. Ele usou suas redes sociais para criticar o filho do presidente, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, e aproveitou a oportunidade para provocar sua atual emissora, o SBT, ao afirmar que seria demitido por conta das críticas.

A piada sobre a "demissão" faz menção ao fato de que diversos jornalistas têm tido sua cabeça pedida por bolsonaristas quando se critica a atual gestão federal. Foi o caso da colega de Danilo Gentili, a jornalista Rachel Sheherazade, que teve sua demissão pedida publicamente por um dos patrocinadores do SBT, o empresário Luciano Hang.

Val Marchiori e Leo Dias

O programa "Tricotando", da RedeTV!, apresentado por Lígia Mendes, Franklin David e Val Marchiori, abordaram a discussão acalorada que envolveu os apresentadores do "Fofocalizando, do SBT, quando Décio Piccinini mandou Leo Dias calar a boca.

A atração da RedeTV! dedicou mais de 5 minutos para debater a confusão da concorrente. Lígia Mendes defendeu Leo Dias e enalteceu o bom entrosamento com Franklin, que narrava o caso: "Olha que legal. Uma pessoa lembra da outra no meio do que quer falar e não briga". Antes, Val deu risadas atrapalhando o apresentador.

Franklin continuou narrando a confusão no SBT, quando Val disparou sobre Leo Dias: "Por outros motivos que ele chegou elétrico também". Logo depois ela disse: "Programa ao vivo, com várias pessoas, as vez pode acontecer. Calar boca é feio, mas tudo bem. O cara é doente mesmo. Vai saber o que acontece antes e depois. Vou me abster desse assunto".

Leo Dias e Décio Piccinini

Décio Piccinini perdeu a paciência com Leo Dias e o mandou calar a boca durante o "Fofocalizando" na última quarta-feira (17).

Gabriel Cartolano estava em um link entrevistando uma delegada sobre o caso de um homem que ofereceu a ex-esposa para programas sexuais, quando Décio chamou a atenção de Leo, no momento em que ia fazer uma pergunta para a responsável pelo processo.

"A senhora começou a explicar e depois foi interrompida pelo Leo, que se antecipou...", disse o veterano apresentado, sendo interpelado pelo jornalista de celebridades. "Vai falar mal de mim de novo?", reclamou. Foi aí que Décio pediu para que Dias ficasse quieto: "Eu não vou falar mal, eu só te suplico que você cale a boca cinco minutos".

No dia seguinte, Décio declarou que se desculpou com o companheiro de trabalho e Leo pediu para que os telespectadores não levassem as discussões do programa tão a sério.

Dunga e Alex Escobar

O ex-jogador Dunga, tetracampeão pela seleção brasileira em 1994 e técnico na Copa do Mundo de 2010, se arrependeu de ter feito as pazes com o apresentador Alex Escobar em 2014.

"Me arrependi [de fazer as pazes]. Ele [Escobar] esteve no programa da Fátima Bernardes, e disse que enquanto a Holanda tava na praia, o Brasil tava enclausurado", lembrou, em referência a perda da seleção brasileira em duas Copas distintas.

Dunga ainda fez um adendo: "Só que ele errou as datas, porque na África do Sul com 10, 5 graus, ninguém vai na praia né? A Holanda ia na praia em 2014 [aqui no Brasil] e não lá. Aí você vê como o profissional é tendencioso. Me arrependi. Gosto de tratar com as pessoas que são sinceras e mantém a palavra", disparou Dunga.

Alex Escobar resolveu responder o treinador: "Dizer que sou tendencioso e mentiroso, aí já é demais", declarou o jornalista que lembrou não gostar de alimentar discussões. "Eu não sou de alimentar tretas, mas tem hora que a gente precisa se posicionar e se defender diante dessas coisas", cravou ele.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!