Reportar erro
Enfoque NT

Fracasso do Plantão BBB evidencia solidez do Balanço Geral

Nem BBB é capaz de salvar a Globo de ser derrotada pelo Balanço Geral

Ana Clara no Plantão BBB e elenco do Balanço Geral
Plantão BBB virou freguês do Balanço Geral - Foto: Divulgação
Thiago Forato

Publicado em 17/04/2021 às 08:09:58

Com 10 programas levados ao ar desde o dia 5 de abril, o Plantão BBB não conseguiu cumprir o que lhe foi designado: barrar o Balanço Geral, da Record, que há anos virou uma pedra no sapato da Globo. O programa comandado por Ana Clara Lima tinha tudo para se dar bem, mas não consegue superar o concorrente apresentado por Reinaldo Gottino, Fabíola Reipert e Renato Lombardi.

Repleto de participações especiais, comentários e intervenções, flashes ao vivo e até spoilers do que vai acontecer à noite no BBB21, o Plantão BBB perdeu oito dos 10 confrontos até aqui (10,2 a 9,5 pontos para a Record na média geral da faixa). Dizer que o sinal de alerta acendeu na Globo é chover no molhado, mas a parte boa é que o programete tem prazo de validade.

Embora a atração tenha sido criada com mais de dois meses de atraso, é difícil imaginar que o resultado poderia ser outro caso tenha estreado em 25 de janeiro, data da primeira edição do BBB21. O fato é que a Record está há muito tempo consolidada no horário e nada do que a Globo faz parece ser capaz de mudar isso.

Em algumas ocasiões, a Globo consegue até espasmos e algumas vitórias no horário na Grande São Paulo, como o próprio Plantão BBB venceu nos dois primeiros dias, mas o público logo depois volta para o Balanço Geral. Desta vez, a Globo se vê na pele do que suas concorrentes.

Balanço Geral virou muro para a Globo

Por melhor que seja as tentativas de Record e SBT ao longo dos anos, algumas vezes a liderança acontece, mas depois o público sempre volta à Globo. Silvio Santos deu um discurso parecido há 10 anos, quando o SBT completou três décadas. "A Globo é um muro. E ultrapassar esse muro a gente só consegue de vez em quando", bradou em uma de suas raras declarações sobre o mercado.

Queiram ou não, hoje o Balanço Geral é justamente esse muro que todo o resto da programação global é. Vez ou outra pode beliscar a liderança - do qual ela é dona, com exceção dessa faixa - com o próprio BBB, filmes da Sessão da Tarde ou alguma outra aventura. Mas a Record tem que ser elogiada pela competência e solidez que conseguiu alcançar.

No meio desse caminho, até o poderoso Vídeo Show (1983-2019) ficou para trás. O investimento em Fernanda Gentil com o Se Joga não deu nem para o cheiro e ficou seis meses no ar. Teve a pandemia, mas o programa teve que se retirar do campo e migrar para o sábado, muito mais tranquilo e sem sustos da concorrência.


Thiago Forato é jornalista, assina a coluna Enfoque NT desde 2011, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele pelo e-mail thiagoforato@natelinha.com.br ou no Twitter, @tforatto 



Mais Notícias