Enfoque NT

Com temporada relâmpago, Pesadelo na Cozinha termina com gosto de quero mais

Pesadelo na Cozinha não sofre com o mesmo desgaste do MasterChef

Com temporada relâmpago, Pesadelo na Cozinha termina com gosto de quero mais
Erick Jacquin em ação no "Pesadelo na Cozinha" - Divulgação/TV Bandeirantes

Publicado em 10/10/2019 às 06:59:47 ,
atualizado em 10/10/2019 às 09:29:09

Por: Thiago Forato

A segunda temporada do Pesadelo na Cozinha chegou ao fim na última terça-feira (8) depois de somente sete episódios na Band.

Ao contrário do MasterChef, que a emissora promove um grande desgaste da fórmula exibindo mais de uma vez por ano, o Pesadelo Na Cozinha ficou descansando por mais de dois anos.

O tempo foi suficiente para provar que o formato pode continuar rendendo para a Band e encontrou em Erick Jacquin a figura exemplar para o formato.

Até por uma questão comercial, o reality que salva restaurantes teve um hiato considerável. A audiência, que rondou os 3 pontos de média na Grande São Paulo, não está de todo mal e ainda é maior que a média do canal.

União de fatores

Aliando boas histórias, empreendedorismo e culinária, o Pesadelo na Cozinha consegue deixar a narrativa fluída com o carisma de seu comandante.

Misturando sensibilidade e rigidez, Jacquin consegue caminhar entre as nuances de um chef durão com a de ser um humano com o coração mole, se envolvendo em histórias e conflitos familiares.

Reality de verdade?

A televisão é um mundo mágico e nem tudo é o que parece. Como é um programa bastante visado e há uma proliferação de canais gastronômicos no YouTube, não é raro encontrar quem visite algum restaurante mostrado no reality da Band.

Os relatos conseguidos pelos youtubers vão desde decepção com a edição da emissora até a confirmação de que as brigas são pra valer. Cada restaurante e seus respectivos donos tem sua história e não é justo colocar todos em um balaio e generalizar.

Obviamente, a edição tem que pesar um pouco a mão e em vários momentos a confusão ganha uma proporção maior do que ela realmente é. Faz parte do show.

Fica sempre a lição no que pode ser melhorado e grande parte dos restaurantes que você come estão sujeitos a sofrerem com falta de limpeza e higiene na cozinha. É literalmente pagar pra ver.

Sobre o Pesadelo na Cozinha: pela temporada relâmpago que teve, vai fazer falta. Que retorne em 2020.

 ______________________________________________________________________________________________________________

Thiago Forato é jornalista e escreve diariamente para o NaTelinha. Assina a coluna Enfoque NT desde 2011. Converse com ele pelo e-mail thiagoforato@natelinha.com.br ou no Twitter, @tforatto


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!