"Fofocalizando" fica mais dinâmico e fala sobre política para tentar emplacar

Enfoque NT analisa o "novo" programa do SBT

Décio Piccinini se junta ao time do "Fofocalizando" - Divulgação/SBT

Publicado em 23/01/2017 às 16:00:41

Por: Thiago Forato

O SBT "estreou" na tarde desta segunda-feira (23), o "Fofocalizando", atração que antes era batizada de "Fofocando" e que não deu certo na emissora.
 
No ar desde 1º agosto do ano passado, o "Fofocando" passou por algumas mudanças de horários radicais, convocou Mara Maravilha, colocou o sofá de Hebe Camargo e de nada adiantou.
 
Agora num tom de cenário mais ameno, o azul, deixando o quente laranja para trás, o "Fofocalizando" melhorou com a entrada de Décio Piccinini. 
 
Mais dinâmico, o "novo" programa falou até sobre política, como os atos do prefeito de São Paulo, João Dória Jr., para tirar os grafites da cidade. "Tem que tirar esse monte de rabisco", opinou Décio, causando divergências. 
 
 
Em outra oportunidade, a Operação Lava-Jato também ganhou destaque, quando falaram sobre a morte de Teori Zavascki na última quinta-feira (19). 
 
A ausência do Homem do Saco foi benéfica, sem seus comentários impertinentes e fora de hora. O personagem não fazia sentido, mas outra que ainda sobra é Mara Maravilha, bastante fora do compasso proposto pelo programa. 
 
O "Fofocalizando" teve sentido no título e a alteração visual se fez necessária, uma vez que o antigo, definitivamente, não teve resultados. 
 
 
Thiago Forato é jornalista, escreve sobre televisão há 11 anos e assina a coluna Enfoque NT há cinco, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele: thiagoforato@natelinha.com.br  |  Twitter: @tforatto
 


COMENTÁRIOS