Reportar erro
Colunas

"A Terra Prometida" põe telespectador no ápice da história em estreia

"Enfoque NT" analisa a estreia da novela da Record

aterraprometida-josue-estreia-05072016.jpg
Sidney Sampaio é Josué em "A Terra Prometida"
Thiago Forato

Publicado em 05/07/2016 às 21:57:08

Estreou nesta terça-feira (5), na Record, a novela "A Terra Prometida", escrita por Renato Modesto e direção de Alexandre Avancini.
 
Com um interessante catálogo de produtos bíblicos, a emissora lança mais uma novela do segmento no horário das 20h30, na tentativa de provar que o sucesso de "Os Dez Mandamentos" não foi um espasmo ou ponto fora da curva. 
 
A trama já começou agitada, com Josué (Sidney Sampaio) liderando os hebreus para derrubar a muralha de Jericó, sem explicações de como todo aquele povo chegou ali, parecendo que a produção já estava na metade. E estava, uma vez que tal sequência só deverá ser exibida pra valer a partir do capítulo 60. Uma tentativa de colocar o telespectador dentro do ápice da história.
 
Depois de as muralhas caírem, a novela voltou alguns meses no tempo para explicar como tudo aquilo aconteceu.
 
 
Com vários ex-globais no elenco, um dos grandes destaques do primeiro capítulo ficou por conta de Juliana Silveira como a vilã Kalési. Bastante segura e num tom acertado, assim como Sidney Sampaio como Josué, agora protagonista da história. 
 
Tecnicamente, "A Terra Prometida" faz valer o investimento maciço da Record: R$ 650 mil por capítulo, num total de 130. Apesar disso, alguns figurantes ainda ficaram com a caracterização a desejar.
 
De resto, uma bonita fotografia, cenários grandiosos e uma direção ainda mais madura de Avancini, reafirmando o know-how para produzir produtos deste segmento, já com um portfólio bastante respeitoso.
 
[galeria]
A introdução de referências bíblicas na tela também foi uma boa sacada, fazendo com que o telespectador tenha um pouco mais de conhecimento da Bíblia, matéria-prima das grandes produções da Record nos últimos anos. 
 
Com uma boa premissa e histórias parelelas, o autor tem tudo para fazer de "A Terra Prometida" um produto bem-sucedido.
 
 
Audiência
 
Em termos de audiência, segundo dados prévios do Ibope na Grande SP, a novela estreou com 17,2 pontos, na vice-liderança isolada.
 
Como efeito de comparação, a segunda temporada de "Os Dez Mandamentos" começou no dia 4 de abril com 19 de média.
 
Antes, no lançamento das novelas bíblicas, em 23 de março do ano passado, a saga de Moisés teve  início com 12 pontos, tornando-se um fenômeno com o passar dos meses.
 
Dados consolidados podem variar para mais ou menos pontos.
 
 
Thiago Forato é jornalista, escreve sobre televisão há 11 anos e assina a coluna Enfoque NT há cinco, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele: thiagoforato@natelinha.com.br  |  Twitter: @tforatto
 
Mais Notícias