Reportar erro
Colunas

A vitória do Esporte Interativo e o 2016 que promete

Antenado

esporteinterativo-logonovo.jpg
Divu
Redação NT

Publicado em 17/01/2016 às 12:30:44

Durante todo o ano passado, não foram poucas as vezes em que o NaTelinha noticiou que o Esporte Interativo era pedido por telespectadores e assinantes de operadoras maiores.

O canal já era bem requisitado, mas é fato que ele se transformou em gigante depois da compra pela Turner em janeiro do ano passado e da UEFA Champions League um pouco antes, no fim de 2014. Ele virou obrigatório, porque perder a maior competição interclubes do mundo era um absurdo para quem gosta de futebol. E a luta foi dura.

Noticiar todos os bastidores desta verdadeira batalha diária foi ao mesmo tempo divertido e intenso para este que vos fala. Ver o Esporte Interativo entrar na Net e na Claro TV na última quinta-feira (14) foi notar o fim de uma história que passou pelos meus olhos. E ainda passa, já que ela não acabou 100% - a Sky, segunda maior operadora do Brasil, ainda não carrega o canal.

Passado o problema entre Net e Claro TV, as projeções para a emissora em 2016 são dela ser, realmente, o principal assunto da TV paga e esportiva no Brasil. As negociações com clubes da Série A do Campeonato Brasileiro estão a pleno vapor.

Informações vindas da Rádio Guaíba, do Rio Grande do Sul, dão conta de que oito clubes estão muito próximos de assinar com o Esporte Interativo, dentre eles gigantes como Flamengo, Fluminense, Santos, Grêmio e Inter. O presidente do Santos diz que a pressão é grande, mas a proposta financeira do EI - até seis vezes maior que a da Globosat - impressiona.

E realmente, o poder de fogo da dupla EI/Turner é algo de se impressionar. Não só do poderio financeiro, mas também de profissionalização. É notório que o Esporte Intrativo hoje é um canal grande e que pode brigar de igual para igual com seus concorrentes. Além disso, a sua evolução técnica é gritante em relação a antes da compra da Turner.

Ter uma gigante por trás faz a diferença. E o Esporte Interativo parece ter noção disso. Se seu 2015 foi inesquecível, 2016 promete ser melhor ainda.

Gabriel Vaquer escreve sobre mídia e televisão há vários anos. No NaTelinha, é responsável por reportagens variadas e especiais. Na coluna "Antenado", fala sobre TV por assinatura aos sábados e sobre TV aberta quando a necessidade pedir. Converse com ele. E-mail: gabriel@natelinha.com.br / Twitter: @bielvaquer

Mais Notícias