Reportar erro
Colunas

Os compactos da Copa do Mundo na Globo de madrugada; e mais

Confira a coluna "Papo de Bola"

5f069b34576112b92c7660b8f34e5735.jpg
Divulgação
Redação NT

Publicado em 24/06/2014 às 12:30:47

Nesta semana de última rodada da fase de grupos, cada um têm as duas partidas simultâneas por necessidade de equilíbrio técnico, ainda que de vez em quando tal expediente não se faça necessário (exemplo: não haveria diferença nenhuma se Austrália x Espanha fosse em outro horário que não o mesmo de Holanda x Chile devido a um jogo ter dois eliminados e outro dois classificados já definidos na rodada anterior). Então, as TVs abertas só podem exibir uma disputa ao vivo. A outra é forçosamente jogada para uma gravação, seja integral ou compacta.

A Globo optou por compactos na madrugada, sempre exibidos depois de "Revenge". Na madrugada de segunda (23) para terça (24), foi exibido o primeiro deles. Léo Batista apresentou os melhores momentos de Croácia 1 x 3 México e Espanha 3 x 0 Austrália. A primeira partida foi feita por Rogério Corrêa, Júnior e Márcio Rezende Freitas, todos presentes na Arena Pernambuco (Rogério e Júnior participaram do pré da peleja da Seleção). Somente 30 minutos passaram na TV, mas a transmissão ao vivo foi ao ar pelo portal esportivo da emissora.

O segundo jogo teve Alex Escobar e Caio Ribeiro, ambos não na Arena da Baixada e sim nos estúdios do Rio de Janeiro, onde fizeram pré, intervalo e pós de Brasil x Camarões e posteriormente a "Central da Copa". Além disso, Escobar e Caio fizeram Espanha x Austrália em cima do compacto já editado, o que foi notado em conversas emendadas em meio a lances cuja edição saltava alguns segundos ou minutos. Ademais, o GloboEsporte.com fez uma transmissão ao vivo com seus próprios profissionais, sem retransmitir a gerada pela TV Globo.

Os VTs da Bandeirantes

Na segunda (23) e na terça (24), exibição dos dois VTs na íntegra ambos na madrugada devido a atrações que foram mantidas na faixa noturna semanal habitual, leia-se "CQC" e "A Liga". Na quarta (25) e na quinta (26), caem "Sessão Especial" e "Polícia 24h".

Conforme destacado no artigo anterior, Osmar de Oliveira não narrou Croácia x México por seguir internado no hospital AC Camargo, em São Paulo. Ulisses Costa é quem formou dupla com Ronaldo Giovanelli.

Ainda tem estreia nesta Copa

Não serão 8 os locutores do SporTV neste Mundial. Serão 9. O nono é Roby Porto, escalado para transmitir Costa Rica x Inglaterra pelo SporTV2 nesta terça (24). Também é o primeiro jogo desta edição feito pelo canal sem um jornalista no segmento opinativo, cabível apenas ao ex-jogador Batista.

Correção e pedido de desculpas

Por um enorme descuido meu, aumentei a cota de transmissões de um locutor e diminuí a de outra, ambos do Fox Sports, naquele levantamento que já publiquei duas vezes de gols por narrador nas TVs que exibem a Copa.

Meu erro está em Chile x Austrália, que há alguns meses eu tinha que seria feito por Hamilton Rodrigues, mas que Silva Jr. é quem transmitiu. Portanto, Hamilton tem 18 gols narrados em 7 partidas e Silva tem 10 em 3. Peço desculpas aos leitores por meu engano descuidado e também aos locutores pelos dados errados sobre eles.


A Copa do Mundo dos gritos de gol

A imagem do dia

Téo José (TV Bandeirantes), o argentino Eduardo Biscayart (Fox Sports Norte) e Rogério Corrêa (TV Globo), que se encontraram no Maracanã no Bélgica x Rússia do último domingo (22). Os três trabalharam no PSN, canal existente de 2000 até o começo de 2002, com sede nos Estados Unidos e, posteriormente, sucursais aqui no Brasil.

O PSN foi o exibidor exclusivo em TV fechada das Libertadores de 2000 e 2001, e quem respondia por ele eram os mesmos controlados do HMTF (Hicks, Muse, Tate & Furst), fundo de investimento que também injetou muito dinheiro em clubes como Corinthians e Cruzeiro no fim da década de 1990.
 

Edu César é titular do site www.papodebola.com.br e está de volta ao NaTelinha para falar sobre a cobertura da Copa do Mundo pelas TVs.