Reportar erro
Colunas

"SBT Notícias" pode dar certo ao se diferenciar dos concorrentes

03bad40f425d6e952445c5b358acbcd8.jpg
Reprodução
Thiago Forato

Publicado em 24/09/2013 às 11:56:27

Nesta segunda (23), estreou o "SBT Notícias" na faixa das 18h30.

Segundo nota redigida pela emissora há algumas semanas, Neila Medeiros era a única jornalista capaz de enfrentar Datena e Marcelo Rezende. Tais palavras colocaram uma enorme expectativa na moça, que veio de Brasília e pega um horário ingrato, com concorrentes consolidados.

Mas, realmente, ela é tudo isso, e até um pouco mais. Tem desenvoltura, postura, fala firme, boa entonação, se movimenta bem. O conteúdo do programa, no entanto, não é tão mundo cão. Não a ponto de colocar “Aqui Agora” ou “Boletim de Ocorrências” no título. Por isso a mudança. Ficaria desconexo. Mas, se a emissora achar necessário, colocará chacinas e crimes na tela, como aconteceu com o “Aqui Agora” em 2008, onde começou light, mas vendo sua baixa audiência, a direção do SBT mandou escorrer sangue da TV.

Isabele Benito, com quem Neila interage direto do Rio de Janeiro, se mostrou mais forçada na estreia. Quis fazer a linha “indignada” e acabou perdendo o tom. Muito teatral. Acabou ficando bastante forjado.

O cenário do "SBT Notícias" é moderno. As luzes não são bregas, como muitos podem dizer. Apenas um atento para o rosa do telão, que poderia ser retirado, deixando assim apenas um pouco do vermelho, e o restante azul.

Segundo dados consolidados do Ibope na Grande SP, o noticiário estreou com 5 pontos de média, contra 4 de Datena e 10 de Rezende.

O "SBT Notícias" desbancou o "Brasil Urgente", mas começou com metade da audiência do "Cidade Alerta". Só que é um produto que pode dar certo por ser diferente dos concorrentes, por ter uma linguagem mais informal e um conteúdo não tão impactante. É leve.

Agora, será que o SBT vai ter a paciência necessária para fazer com que um jornal como esse emplaque? Foi só o primeiro programa, mas pela desenvoltura de Neila Medeiros e todo o conjunto da obra, o futuro do “SBT Notícias” pode ser promissor, se ninguém meter o bedelho e quiser mudar a rota do programa.


Contatos do colunista: thiagoforato@natelinha.com.br - Twitter: @Forato_

 

Mais Notícias