Reportar erro
Colunas

Enfoque NT: O sucesso de "José do Egito" na Record

7f979ed0a210f82d263df3b2782949e4.jpg
Divulgação/TV Record
Thiago Forato

Publicado em 19/09/2013 às 16:30:39

Orçada em mais de R$ 22 milhões, “José do Egito”, a quarta minissérie bíblica da Record (a primeira “A História de Ester”, e na sequência “Sansão e Dalila” e “Rei Davi”), vem correspondendo as expectativas. Nesta última quarta (18), a produção milionária cravou 14 pontos de média e 21% de share, seu recorde até aqui.

Graças ao seu bom desempenho semanalmente, a emissora resolveu esticá-la. E ao invés de custar cerca de R$ 800 mil por capítulo, os 37 (antes 28) episódios sairão mais ou menos R$ 200 mil mais baratos. O aumento de capítulos fez com que seu custo fosse diluído.

A minissérie foi gravada em Israel, Egito e Chile. Duas cidades cenográficas foram construídas no Recnov, com altura superior a 15 metros. A produção também encomendou 400 perucas para a realização de “José do Egito”.

A direção de Alexandre Avancini é irrefutável. Fotografias, cenografia, figurino também são irretocáveis e fazem valer todo o investimento. Os elementos visuais impressionam pela riqueza de detalhes e pelo primor que a produção teve ao fazê-los.

É o que a Record produz de melhor.

Concorrência

Não há horário melhor que uma quarta-feira à noite pra exibir esse tipo de conteúdo. Enquanto a Globo transmite futebol, a emissora dos bispos fisga o público feminino. Simples assim. A partida entre Ponte Preta e Corinthians registrou 21 pontos, e “Saramandaia”, na sequência, deu 13.

No SBT, o “Programa do Ratinho” marcou 8 e a reprise do “Casos de Família” atingiu 5,5 pontos.

Mais três quartas

“José do Egito” estará em cartaz na Record por mais três quartas-feiras. É a promessa de mais três semanas com dois dígitos no segundo lugar absoluto. Termina dia 9 de outubro.

Efeito cascata

A novela “Dona Xepa”, exibida logo após a minissérie, também foi bem ontem. Marcou 11.

Em 2014

No próximo verão, a Record lança “Os Milagres de Jesus”, sua próxima minissérie. As gravações devem começar no mês que vem, e a promessa é sempre de superar o trabalho do antecessor.


Contatos do colunista: thiagoforato@natelinha.com.br - Twitter: @Forato_

Mais Notícias