Reportar erro
Colunas

SBT altera nome de jornalístico mais uma vez; relembre o "SBT Notícias"

ed2e7cd0b54e463314cdd20b1c8f7cc4.jpg
Divulgação/SBT
Thiago Forato

Publicado em 18/09/2013 às 17:44:20

Nesta última terça (17), o SBT mudou mais uma vez o nome do jornal que será apresentado a partir da próxima segunda-feira (23) por Neila Medeiros.

Agora, o título escolhido foi “SBT Notícias”, que já fora produzido em 1995 e apresentado por Leila Cordeiro e Eliakim Araújo, em substituição ao próprio “Aqui Agora” (que pouco tempo depois voltou).

Em 1995, o SBT fez um investimento milionário nesse “SBT Notícias”. Chegou a quase US$ 2 milhões na época. Valéria Sffeir, Maria Manso, Britto Jr. e Mária José Sarno foram contratados.

As matérias, no entanto, eram longas e muito similares aos do “TJ Brasil”, telejornal que sucedia o “SBT Notícias”. Esse foi um dos que motivos que fizeram o programa fracassar. Ele durou menos de um mês, estreando em novembro de 1995 e sendo tirado do ar logo em dezembro.

Entre 2000 e 2001, esse nome voltou a figurar na grade da emissora com outro formato, que misturava os quadros “Tolerância Zero”, “Palavra Amiga”, previsão do tempo e entrevistas variadas.

A partir da próxima segunda-feira, o “SBT Notícias” estará de volta a partir das 18h30, com notícias policiais e reportagens gerais - por isso a troca de título, já que "Aqui Agora" e "Boletim de Ocorrências" eram pesados demais.

“Mudança de Hábito” vence “Rubi” com tranquilidade

Nos últimos dias, a “Sessão da Tarde” vem sofrendo com a concorrência da terceira exibição da novela mexicana “Rubi”, no SBT.

Ontem, o longa-metragem “Mudança de Hábito 2”, com Whoopi Goldberg, garantiu a primeira colocação folgada com 14 pontos, ante 6 da emissora de Silvio Santos. Falta caprichar mais nos filmes da semana.

Bastidores do “PSS”

Silvio Santos esbanja bom humor até mesmo nos bastidores. Nesta terça, Lívia Andrade “tietou” o patrão em uma pausa nas gravações de seu programa. Ela registrou alguns desses momentos de descontração, veja foto:
 


O dobro

É o que “Chiquititas” marcou ontem em comparação à Record: 12 pontos a 6.

Da Record para a Globo

Dois filmes ex-Record na tela da Globo semana que vem: “Grande Menina, Pequena Mulher” (2003), e “A Pantera Cor-de-Rosa” (2006). Ambos da MGM. Na “Sessão da Tarde” e “Temperatura Máxima”, respectivamente.

Destaque para “A Família Addams”, de 1991, que não era exibido há bons anos.


Contatos do colunista: thiagoforato@natelinha.com.br - Twitter: @Forato_

Mais Notícias