Reportar erro
Famosos

Ex-companheiro de Luiza Brunet é denunciado pelo MP de São Paulo

lirio+brunet-divulgacao.jpg
Foto: Divulgação
Diego Falcão

Publicado em 26/07/2016 às 16:45:34

Na última segunda-feira (25), o Ministério Público de São Paulo abriu denúncia contra Lírio Parisotto, ex-namorado da atriz Luiza Brunet, por prática de violência doméstica contra ela.
 
Na denúncia foram registrados dois casos de violência. Uma leve, em Nova York e um segundo episódio, de natureza grave, no Brasil.
 
Lírio Parisotto, se condenado, está sujeito a pena de 3 meses a 3 anos, por lesão corporal leve, e de 1 ano a 5 por lesão grave.
 
 
O caso
 
A agressão veio à tona na última semana, em entrevista de Luiza Brunet ao jornalista Ancelmo Gois, do jornal O Globo.
 
A ex-modelo relatou um ataque cometido na madrugada de 21 de maio, em Nova York, Estados Unidos.
 
Segundo Luiza, a briga começou ainda num restaurante onde jantava com amigos. O empresário teria se exaltado com a ideia de ir até uma exposição de fotos. Lírio disse que não queria ser confundido com o ex-marido de Brunet, como já ocorreu em outra ocasião.
 
"Fui para Nova York acompanhá-lo para o evento Homem do Ano. Saímos do restaurante e pegamos um Uber. Ao chegar ao apartamento, ele me deixou dentro do carro e subiu", começou a contar, na entrevista.
 
Já no apartamento, a ex-modelo e atriz revelou que o empresário passou a atacar com xingamentos até dar um soco em seu olho, seguido de chutes. Jogada no sofá e sem ter como se defender, ela teve quatro costelas quebradas.
 
Luiza Brunet disse que só conseguiu se livrar das agressões após gritar por ajuda e correr para o quarto, onde se trancou. No dia seguinte, diz ter saído escondido e conseguiu pegar um avião de volta ao Brasil. Por fim, se submeteu a um exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) e fez queixa no Ministério Público de São Paulo.