10/01/2017 às 16:54:37

"Escrava Mãe" encerra trajetória com vice-liderança em todo o Brasil

Por Gabriel Vaquer
Compartilhe »
  
"Escrava Mãe" encerra trajetória com vice-liderança em todo o Brasil Divulgação/RecordTV
publicidade

Encerrada na noite desta segunda-feira (9), a novela "Escrava Mãe" elevou os índices de audiência da RecordTV em todo o Brasil durante sua trajetória.

Segundo dados exclusivos obtidos pelo NaTelinha do Painel Nacional de Televisão, a trama escrita por Gustavo Reiz e protagonizada por Gabriela Moreyra fechou com 10 pontos de média com 15% de share na média das quinze principais metrópoles do país.

A audiência corresponde ao período anual, entre 31 de maio e 31 de dezembro de 2016, não contando a última semana. Porém, só um índice estratosférico mudaria estes dados, que devem ser os totais da novela.

No mesmo horário, o SBT, com o telejornal "SBT Brasil", fechou com 7 pontos de média e 11% de participação. A Globo ficou em primeiro com 25 pontos e 41%, exibindo "Haja Coração" e "Rock Story".

A diferença entre Record e SBT, em todo o período citado, foi de 43% para o canal da Barra Funda, uma das maiores nas disputas que os dois canais travam durante todo o dia.

Já na Grande São Paulo, "Escrava Mãe" teve média geral de 11 pontos com share de 16%, também mantendo o segundo lugar isolado.

No último capítulo, tanto a vilã Maria Isabel (Thaís Fersoza) quanto a protagonista Juliana (Gabriela Moreyra) faleceram, comovendo o público. Um avanço no tempo foi feito para ligar o fim da novela à reprise de "A Escrava Isaura", que começou nesta segunda também.

Nas redes sociais, a tag #FinalEscravaMãe ficou entre os assuntos mais comentados do mundo e a grande maioria foi de elogios à novela que ficou sete meses no ar.

publicidade
publicidade

VEJA TAMBÉM


Comentários

* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!


publicidade