20/11/2016 às 10:35:23

"Carinha de Anjo": A vida da pequena, sapeca e adorável Dulce Maria

Confira como será a nova novela infantil do SBT

Por Diogo Mendes Rodrigues
Compartilhe »
  
"Carinha de Anjo": A vida da pequena, sapeca e adorável Dulce Maria Fotos: Lourival Ribeiro/SBT e Leonardo Nones/SBT
publicidade

O SBT estreia nesta segunda-feira (21), sua nova novela infantil, "Carinha de Anjo", que apostará no contraponto de personagens.

De um lado, aparecem os jovens da era digital e a rotina puxada dos empresários, típicos de um centro urbano. Do outro, os moradores de uma divertida propriedade rural. Ambientada na fictícia e interiorana Doce Horizonte, o município une o charme das pequenas cidades com os atrativos das grandes metrópoles, como centros comerciais, empresas e aeroporto.

É em meio a esse cenário, que “Carinha de Anjo” acompanha a rotina da garotinha simpática, carismática e sapeca Dulce Maria (Lorena Queiroz), apelidada por sua mãe de ‘carinha de anjo’.

Ficha técnica

Baseada no original “Carita de Ángel”, de Kary Fajer
Adaptação de Leonor Corrêa
Supervisão de texto de Íris Abravanel
Com colaboração André Rodrigues, Flavio Queiroz, Marina Pedral e Natalia Piserni
Direção geral de Ricardo Mantoanelli
Direção de João Batista, Mário Moraes, Roberto Menezes e Vanessa Arruda
Estreia: 21/11
Horário: 21h (Depois fixa-se às 20h30)
Antecessora: “Cúmplices de um Resgate”, escrita por Íris Abravanel

Elenco

Lorena Queiroz – Dulce Maria Rezende Lários

Alcemar Vieira – Padre Gabriel Lários
Angela Dippe – Rosana Almeida
Bia Arantes – Irmã Cecília Santos
Blota Filho – Silvestre Moreira
Bruna Ximenes – Irmã Rita
Bruno Lopes – André Renato Vieira
Camilla Camargo – Diana de Oliveira
Camilo Bevilacqua – Pascoal Gomes
Carlo Porto – Gustavo Lários
Carlos Mariano – Ribeiro
Carol Loback – Franciely da Silva
Clarice Niskier – Haydee Escobar
Cristina Mutarelli – Solange Ortiz
Dani Gondim – Nicole Escobar
Eddie Coelho – Inácio de Oliveira
Eduardo Pelizzari – Flávio Escobar
Eliana Guttman – Maristela Lopes (madre superiora)
Elisa Brites – Verônica Matias
Gabriel Miller – Emílio Almeida
Guilherme Gorski – Cristóvão Valdez
Helena Luz – Lúcia Junqueira
Jean Paulo Campos – José Carlos de Oliveira, o Zeca
José Rubens Chachá – Delegado Peixoto
Karin Hils – Irmã Fabiana Teixeira
Laryssa Dias – Irmã Luzia
Leonardo Oliveira – José Felipe de Oliveira, o Zé Felipe
Lucero – Tereza Rezende Lários
Maísa Silva – Juliana Almeida, a Juju
Maria Eduarda Silva – Duda
Marianna Santos – Adriana Figueiredo
Priscila Sol – Estefânia Lários, a Tia Perucas
Rachel Rennhack – Irmã Ana
Rai Teichimam – Fátima Santos
Renata Randel – Bárbara Guerra Smith
Sienna Belle – Frida Bastos
Silvia Franceschi – Silvana Soares
Thiago Mendonça – Vitor Gamboa
Valenthina Rodarte – Valentina

A doce Dulce Maria

A pequena Dulce Maria, com 5 anos de idade, é uma menina brincalhona, aventureira e muito curiosa. De tamanha ingenuidade e inteligência, ela diverte a todos com suas perguntas indiscretas. Dulce é filha única de Gustavo Lários (Carlo Porto), um empresário bem sucedido do ramo cafeeiro, e da mexicana Tereza Rezende Lários (Lucero), uma mulher de voz adorável que faleceu num acidente quando a filha tinha apenas 3 anos.

Desnorteado com a tragédia, Gustavo resolve se mudar para a Espanha e deixa a filha em um colégio interno católico, localizado em uma propriedade rural de Doce Horizonte. Por longos dois anos, o empresário viveu isolado da própria família.

Com a ausência do pai, Dulce Maria contou com o carinho e os cuidados de Estefânia (Priscila Sol). A moça é prima de Gustavo e é uma mulher de estilo e personalidade. De aparência extravagante, Estefânia adota um visual monocromático da peruca aos sapatos. A cor escolhida geralmente reflete seu estado atual de humor. Com esse visual no mínimo estranho, a jovem conquista a empatia de Dulce, que a apelida de “Tia Perucas”.

A rotina no internato

No colégio católico, a pequena recebe atenção especial do Padre Gabriel (Alcemar Vieira), seu tio paterno, e de todas as freiras do colégio onde vive e estuda. Apesar do carinho, Dulce nunca se esqueceu de sua falecida mãe. Quase todas as noites, a menina sonha que encontra Tereza em uma lúdica casa de bonecas. Nos sonhos, a garotinha vive momentos mágicos e divertidos com a mãe e sempre recebe afeto e conselhos de Tereza.

Dulce é criativa em suas aventuras e acaba se metendo em encrencas e confusões no internato. Ela recebe carinho especial da noviça Cecília (Bia Arantes), uma professora dedicada, atenciosa e protetora. Já nas travessuras, ela conta com apoio da irmã Fabiana (Karin Hils), uma noviça rebelde e muito engraçada, responsável pelo coral do colégio.

Outra freira que não esconde seu afeto por Dulce é a irmã Maristela Lopes (Eliana Guttman), a madre superiora da instituição. No entanto, diferente das demais, ela é bastante dura e enérgica quando precisa. Por isso, não deixa de passar os sermões à menina e às demais alunas do internato.

Como todas as crianças, Dulce tem grandes amigas e alguns desafetos no colégio. As colegas mais próximas são Adriana (Marianna Santos), Duda (Maria Eduarda Silva), Valentina (Valenthina Rodarte) e Lúcia (Helena Luz). Já Bárbara (Renata Randel) e Frida (Sienna Belle) não se conformam com o carinho que Dulce recebe das noviças. Por isso, as duas passam boa parte do tempo provocando a menina e criando situações que prejudiquem a vida de Dulce no rígido internato.

Dulce também fica muito próxima da família do caseiro Inácio (Eddie Coelho), casado com Diana (Camilla Camargo). O casal, bastante batalhador, cria com dificuldades os dois filhos. O mais velho, Zeca (Jean Paulo Campos), tem 14 anos, sonha ser cantor de música sertaneja e é fruto de um relacionamento anterior de Inácio. Já o caçula, Zé Felipe (Leonardo Oliveira), tem 6 anos, é elétrico e muito bagunceiro.

Além deles, outro personagem de destaque do colégio é o jardineiro Pascoal (Camilo Bevilacqua), recém-contratado pela Madre Superiora. Devido a sua simpatia, ele logo se torna uma espécie de avô postiço da criançada.

Surpresa no retorno de Gustavo

A trama de “Carinha de Anjo” começa a se desenrolar com o retorno do pai de Dulce, Gustavo, à cidade de Doce Horizonte. Recuperado de uma grave depressão após a morte da esposa, ele volta com o objetivo de mostrar a todos que se arrependeu de deixar para trás a filha e a família.

No entanto, ele não volta sozinho. Para surpresa de Estefânia e de Padre Gabriel, ele apresenta a todos a jovem Nicole (Dani Gondim), sua nova namorada. Nicole é uma mulher que esbanja beleza, mas que não tem a menor paciência para cuidar de crianças.

Para piorar, ela só está interessada no dinheiro e no status que um possível casamento com Gustavo proporcionará para ela. Sonhando em ver a família se dar bem com a união do casal, a mãe de Nicole, Haydee (Clarice Niskier) e o irmão dela, Flávio (Eduardo Pelizzari), forçam o tempo todo para agradar Gustavo.

A rejeição da pequena

A chegada do pai ao lado de Nicole torna-se uma decepção para Dulce Maria. Ela rejeita a ideia de ver o pai se casando novamente, pois teme que ele nunca mais se lembre de sua falecida mãe. A relação da pequena com Nicole fica cada vez pior, com as constantes desavenças e nenhuma afinidade entre elas.

É nesse momento que Dulce se aproxima cada vez mais da noviça Cecília. A menina não esconde de ninguém que a professora é a única mulher que sonha em ter como segunda mãe. No entanto, por Cecília ser freira, ela não poderia se casar no futuro com seu pai.

Vocação ou amor?

O que Dulce nunca percebeu é que os conflitos e questionamentos sobre a vocação religiosa de Cecília são constantes e, com o tempo, a noviça fica cada vez mais dividida entre a religião e o crescente sentimento de amor por Gustavo.

A situação fica ainda mais clara com a chegada à cidade da irmã de Cecília, Fátima (Rai Teichimam), que incentiva a irmã a largar a vida religiosa para lutar por seu amor. Mas tomar qualquer decisão não é fácil para Cecília.

Ao mesmo tempo, Gustavo não consegue mais esconder a simpatia e o fascínio que sente pela professora de sua filha. No entanto, faz o que pode para não engatar um amor proibido, não só por ela ser noviça, mas também pela resistência em assumir seus sentimentos. Além de Gustavo, outro que demonstra ter um interesse especial em Cecília é o médico da cidade André (Bruno Lopes).

No apartamento de Gustavo

Com o retorno do pai, Dulce Maria volta a viver com ele em seu apartamento. Lá, ela convive com os funcionários da família, como o mordomo Silvestre (Blota Filho) e a cozinheira indiscreta Franciely (Carol Loback). Outro que logo aparece no apartamento é Vitor (Thiago Mendonça), amigo de longa data de Gustavo. Chef de cozinha, o rapaz resolve montar um food truck na cidade, logo se apaixona pela Tia Perucas, e passa a contar com o auxílio da governanta Solange (Cristina Mutarelli).

No prédio onde vive Gustavo, também mora uma divertida e moderna família, que logo se aproxima da pequena Dulce. Rosana (Angelia Dippe) é a síndica do condomínio e mãe da adolescente Juliana (Maísa Silva) e do adotado Emílio (Gabriel Miller), que se torna o melhor amigo de Dulce.

Rosana é uma mulher despachada e moderna, que anda pela cidade com seu triciclo motorizado bastante chamativo. Seu jeito irreverente conquistou o delegado Peixoto (José Rubens Chachá), que é o responsável por resolver, ao lado do policial Ribeiro (Carlos Mariano), os casos de violência na cidade. A filha Juliana é fã de tecnologia. Conhecida na internet como Juju, ela é vlogueira e dona de um canal de vídeos que atrai milhões de visualizações.

  1. Carinha de Anjo conta a vida da pequena e sapeca e adorável Dulce Maria (Lorena Queiroz) - Fotos: Lourival Ribeiro/SBT e Leonardo Nones/SBT
  2. Carinha de Anjo conta a vida da pequena e sapeca e adorável Dulce Maria (Lorena Queiroz) - Fotos: Lourival Ribeiro/SBT e Leonardo Nones/SBT
  3. Carinha de Anjo conta a vida da pequena e sapeca e adorável Dulce Maria (Lorena Queiroz) - Fotos: Lourival Ribeiro/SBT e Leonardo Nones/SBT
  4. Carinha de Anjo conta a vida da pequena e sapeca e adorável Dulce Maria (Lorena Queiroz) - Fotos: Lourival Ribeiro/SBT e Leonardo Nones/SBT
  5. Carinha de Anjo conta a vida da pequena e sapeca e adorável Dulce Maria (Lorena Queiroz) - Fotos: Lourival Ribeiro/SBT e Leonardo Nones/SBT
  6. Carinha de Anjo conta a vida da pequena e sapeca e adorável Dulce Maria (Lorena Queiroz) - Fotos: Lourival Ribeiro/SBT e Leonardo Nones/SBT
  7. Carinha de Anjo conta a vida da pequena e sapeca e adorável Dulce Maria (Lorena Queiroz) - Fotos: Lourival Ribeiro/SBT e Leonardo Nones/SBT
  8. Carinha de Anjo conta a vida da pequena e sapeca e adorável Dulce Maria (Lorena Queiroz) - Fotos: Lourival Ribeiro/SBT e Leonardo Nones/SBT
  9. Nova adaptação infantil do SBT, "Carinha de Anjo" estreia no dia 21 de novembro - Foto: Reniere Lima
  10. Nova adaptação infantil do SBT, "Carinha de Anjo" estreia no dia 21 de novembro - Foto: Reniere Lima
  11. Nova adaptação infantil do SBT, "Carinha de Anjo" estreia no dia 21 de novembro - Foto: Reniere Lima
  12. Nova adaptação infantil do SBT, "Carinha de Anjo" estreia no dia 21 de novembro - Foto: Reniere Lima
  13. Nova adaptação infantil do SBT, "Carinha de Anjo" estreia no dia 21 de novembro - Foto: Reniere Lima
  14. Nova adaptação infantil do SBT, "Carinha de Anjo" estreia no dia 21 de novembro - Foto: Reniere Lima
  15. Nova adaptação infantil do SBT, "Carinha de Anjo" estreia no dia 21 de novembro - Foto: Reniere Lima
  16. Nova adaptação infantil do SBT, "Carinha de Anjo" estreia no dia 21 de novembro - Foto: Reniere Lima
  17. Nova adaptação infantil do SBT, "Carinha de Anjo" estreia no dia 21 de novembro - Foto: Reniere Lima
  18. Nova adaptação infantil do SBT, "Carinha de Anjo" estreia no dia 21 de novembro - Foto: Reniere Lima
  19. Nova adaptação infantil do SBT, "Carinha de Anjo" estreia no dia 21 de novembro - Foto: Reniere Lima
  20. Nova adaptação infantil do SBT, "Carinha de Anjo" estreia no dia 21 de novembro - Foto: Reniere Lima
  21. Nova adaptação infantil do SBT, "Carinha de Anjo" estreia no dia 21 de novembro - Foto: Reniere Lima

A empresa da família

Gustavo controla a empresa Rey Café. Os negócios da família Lários no ramo cafeeiro ficaram sob os cuidados do amigo e diretor jurídico Cristóvão (Guilherme Gorski) nos dois anos em que o pai de Dulce Maria se manteve afastado.

Cristóvão não esconde de ninguém sua paixão por Estefânia, a Tia Perucas, e terá que disputar o amor dela com o chef Vítor, recém-chegado à cidade. O amor de Cristóvão por Tia Perucas não é bem visto pela secretária dele, Silvana (Silvia Franceschi), que morre de ciúmes de seu patrão.

Versão original

“Carinha de Anjo” é uma adaptação da trama mexicana “Carita de Ángel”, exibida pela Televisa entre junho de 2000 e março de 2001. Escrita por Kary Fajer e produzida por Nicandro Díaz González, a trama fez bastante sucesso no México e foi exportada para mais de 20 países. No Brasil, foi transmitida com êxito pelo SBT em 2001 e reprisada duas vezes, uma pelo próprio canal de Silvio Santos, e outra pelo canal pago TLN Network.

Coube à pequena Daniela Aedo interpretar a protagonista Dulce Maria. O elenco ainda contava com nomes como Lisette Morelos, Miguel de León, Nora Salinas e Libertad Lamarque nos papéis principais.

Uma curiosidade é que os produtores da novela precisaram trocar uma personagem. A atriz Libertad Lamarque, intérprete da Madre Superiora, faleceu aos 92 anos, enquanto a novela ainda era gravada. Em seu lugar entrou Silvia Pinal, no papel da Reverenda Lúcia.

Autora e diretor

A versão brasileira de “Carinha de Anjo” marca a estreia de Leonor Corrêa como autora de novelas. Com vasta experiência na TV, Leonor se destacou como diretora de programas, roteirista de quadros e apresentadora.

Sua estreia foi em 1991 como apresentadora do programa “Vitrine”, da TV Cultura. Desde então, passou por emissoras como Globo, Record, SBT, Band e RedeTV!. Entre seus principais trabalhos estão a apresentação de atrações como “A Casa é Sua” e “Melhor da Tarde” e a direção de programas como “Domingão do Faustão”, “Fábio Jr.”, “Boa Noite Brasil”, “O Melhor do Brasil” e “Eliana”.

Já o diretor Ricardo Mantoanelli é formado em publicidade. Seu primeiro trabalho na TV foi em 2001, quando desempenhou a função de editor artístico do reality “Casa dos Artistas”. Desde então, acumulou vários trabalhos como diretor na linha de shows do SBT, com destaque para “Ídolos”, “Qual é o seu talento?”, “Se ela dança, eu danço” e “Astros”.

Em 2013, migrou para a área de teledramaturgia e, desde então, integrou a equipe de direção de “Chiquititas”, “Patrulha Salvadora” e “Cúmplices de um Resgate”.

Anote na agenda

“Carinha de Anjo” estreia nesta segunda-feira (21), logo após a reta final de "Cúmplices de um Resgate", por volta de 21h, no SBT.

publicidade
publicidade

VEJA TAMBÉM


Comentários

* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!


publicidade