"Amor": Após novo DNA, Paloma devolve Paulinha; saiba como será a cena

Paloma entrega Paulinha para Bruno após ordem judicial.

TV Globo/Matheus Cabral

Publicado em 02/07/2013 às 16:29:12

Por: Diego Falcão

Em cenas que vão ao ar nos próximos capítulos de "Amor à Vida", Paulinha (Klara Castanho) finalmente aceitará Paloma (Paolla Oliveira) como sua mãe. Ela vai ficar triste ao ter que deixar o apartamento da pediatra.
 
Mas antes de se declarar a ela, Paulinha vai discutir bastante chegando a chamar a mãe de chata. Paloma proibirá a filha de participar de algumas conversas que não são da idade dela, além de cortar algumas coisas que a menina gosta de comer em horários errados.

Para a surpresa de Paloma, um novo exame de DNA será feito e o resultado vai mostrar que Paulinha não é sua filha. Isso porque os frascos de sangue foram trocados por Glauce em parceria com Félix (Mateus Solano).

Novo DNA aponta que Paulinha não é filha de Paloma Uma tragédia vai acontecer com César; saiba qual é Com câncer, Nicole fica careca e atriz raspa os cabelos Para reconquistar Patrícia, Michel aparece nu 2 vezes

Então, a juíza ordena que Paloma entregue imediatamente Paulinha para Bruno (Malvino Salvador).

Em uma conversa com a criança, a médica explica o que vai acontecer: "Pra mim, no meu coração,você é, sempre vai ser minha filha. Mas muitas vezes o coração diz uma coisa e a lei diz outra. E nesse mundo a gente tem que seguir o que diz a lei. Por isso você precisa ir embora daqui. Pra casa do Bruno".

 Inicialmente Paulinha fica feliz com a notícia, deixando Paloma triste. Ela pergunta se a menina não gostou de ficar com ela esses dias e Paulinha diz: "Paloma, eu te amo. Eu te disse umas coisas ruins aquele dia porque eu tava brava com você, tava com saudade do meu pai. Mas eu queria que você fosse minha mãe. Queria muito", diz.
 
As duas dão um longo abraço em meio a muito choro.
 
No dia da despedida, as duas choram novamente e Paloma diz: "Adeus, minha querida. Você pra mim foi um sonho bom. Eu te amo".
 
"Amor à Vida" vai ao ar logo após o "Jornal Nacional".
 



COMENTÁRIOS