Diretor da Brasileirinhas não teme processo da Netflix: "Não inventaram o termo 'flix'"

Para ele, Netflix quer se apropriar do termo, que provém da língua inglesa

Divulgação

Publicado em 10/05/2017 às 11:32:57

Por: Thiago Forato

A companhia de filmes adultos Brasileirinhas pode tomar um processo nas costas por conta do serviço por streaming que será lançado em breve: o Sexflix.

O serviço permitirá o acesso irrestrito não apenas ao conteúdo da produtora, mas também o de outras, por R$ 29,90. Acontece que o "flix" no nome não agradou à Netflix.

De acordo com o serviço por streaming, a utilização do sufixo, além de violar sua propriedade intelectual, pode ser danoso à sua marca, devido à associação com o conteúdo pornográfico.

Ao site CanalTech, Clayton Nunes, CEO da Brasileirinhas, disse que não teme repercussão: "A Netflix não inventou o termo 'flix', que é uma gíria inglesa para filmes".

A Netflix notificou a Brasileirinhas para que retirasse do ar o site oficial do Sexflix e todas as suas divulgações até a última sexta (5), o que não foi cumprido.

Resta aguardar as cenas dos próximos capítulos.



TAGS:

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Fechar X