Repórter Eric Faria chora de emoção em cobertura de velório na Globo

Reprodução

Publicado em 03/12/2016 às 16:10:17

Por: Sem autor

Neste sábado (3), a Globo ficou seis horas ao vivo, sem qualquer intervalo comercial, para exibir o velório e as homenagens às vítimas do voo da Chapecoense, que caiu na Colômbia esta semana.

Um dos momentos mais emocionantes aconteceu com Eric Faria, repórter esportivo da Globo. Pouco antes de entrar ao vivo da Arena Condá, ele foi abraçado pela mãe do goleiro Danilo, dona Ilaídes, que deu uma espécie de volta olímpica para cumprimentar todos da imprensa.

Eric contou o fato e não aguentou a emoção, chorando ao vivo. "Olha, Galvão, nunca imaginei na minha vida cobrir um evento como hoje. Porque a gente pensa em cobrir alegria com o futebol. Mas ver a dona Ilaídes dar essa volta no estádio, e ela fez questão de cumprimentar todos nós, no meio de campo. Ela fez questão de cumprimentar um por um que cobrimos aqui na Arena Condá. Eu não tinha me preparado para vir para aqui, mas eu lhe digo Galvão, eu tenho certeza que eu serei uma pessoa muito melhor depois de ver isso", disse o jornalista.

Galvão, também emocionado, respondeu o colega: "Pode chorar, Eric. Com certeza, ao menos, todos sairemos mais conscientes depois disso tudo. Eu tenho certeza que todos nós seremos diferentes da última vez em que entramos num estádio de futebol".

A mãe do goleiro Danilo já havia emocionado outro repórter, este do SporTV, ao abraçá-lo e consolá-lo, representando toda a imprensa.

A tragédia tirou a vida de 71 pessoas, entre jogadores, comissão técnica, dirigentes, tripulantes, convidados e jornalistas, estes profissionais da Globo, Fox Sports, RBS, RicTV e de empresas locais de Chapecó.

Veja o vídeo deste sábado:



COMENTÁRIOS