Corpo de Domingos Montagner é encontrado; ator morre aos 54 anos

Artista era protagonista de "Velho Chico" e morreu afogado no Rio São Francisco

Divulgação/TV Globo

Publicado em 15/09/2016 às 18:21:58

Por: Redação NT

O ator Domingos Montagner morreu na tarde desta quinta-feira (15) no Rio São Francisco, em Canindé de São Francisco, sertão de Sergipe.

Montagner estava na cidade com a equipe de "Velho Chico" gravando a reta final de novela. De folga, ele resolveu dar um mergulho após o almoço, mas acabou levado pelas correntezas do rio.

Após intensa busca realizada pela Polícia Militar e pelo Corpo de Bombeiros com helicóptero, além de ajuda de pescadores locais, o corpo foi encontrado preso a uma pedra no fundo do Rio São Francisco.

Desde o início da tarde, houve um grande rebuliço e desencontro de informações em Canindé de São Francisco. O NaTelinha telefonou para autoridades locais, como a polícia civil, militar e secretaria de comunicação. Algumas chegaram a confirmar a morte num primeiro momento, mas outras negaram e confirmaram apenas o desaparecimento.

[galeria]
Agora é oficial. Domingos Montagner tinha 54 anos e começou a carreira artística no circo, em 1980. Em 1990, ingressou no teatro como palhaço.

"Cordel Encantado" (2011), da Globo, foi sua primeira novela. Na televisão fez participações nos seradiso "Força Tarefa", "A Cura" e "Divã", onde interpretou Carlos, o amante da protagonista Mercedes, vivida pela atriz Lília Cabral.

Em 2012, foi o presidente Paulo Ventura na minissérie "O Brado Retumbante". No mesmo ano, fez em "Salve Jorge" o guia turístico Zyah, que se apaixona por Bianca, personagem de Cléo Pires.

Em 2013, viveu o ativista Mundo em "Joia Rara". Em 2014, foi o protagonista de "Sete Vidas", no papel de Miguel, um homem que descobre ter sete filhos, após ser doador de esperma.

Desde março, era o Santo na novela "Velho Chico", sendo par romântico de Camila Pitanga.

Na história, seu personagem também desapareceu nas águas do Rio São Francisco, mas voltou depois.



COMENTÁRIOS