03/08/2015 às 14:37:21 atualizada às 17:08:20

Aurora Bello fala sobre o SporTV e carinho do público nas redes sociais

"Fico até emocionada", diz jornalista

Por Gabriel Vaquer
Compartilhe »
  
Aurora Bello fala sobre o SporTV e carinho do público nas redes sociais Fotos: Divulgação
publicidade

Aurora Bello já fez um pouco de tudo no jornalismo. Apresentou jornal local, fez previsão do tempo em rede nacional, mas se encontrou mesmo foi no jornalismo esportivo.

Suas primeiras chances na TV nesta condição foram no Band Sports e no Esporte Interativo. Depois, foi para a TV aberta e trabalhou na RedeTV!, onde fez por várias vezes o "RedeTV! Esporte". Em alguns dias, também chegou a atuar como garota do tempo no "RedeTV! News".

Chamou a atenção da Globosat na primeira função e acabou contratada pelo SporTV em 2010, para apresentar programas esportivos na casa.

Inaugurou o "SporTV News - Edição Manhã" e depois foi para o "É Gol", onde ficou durante um ano e meio, até voltar para o "News" no início deste ano.

Hoje, a jornalista abre os trabalhos da programação esportiva na TV paga brasileira: o "SporTV News - Edição da Manhã" é o primeiro jornal da TV esportiva a ir ao ar, a partir das 9h. E Aurora e sua equipe têm este desafio, que não é fácil.

Mas ela é muito mais que uma apresentadora. Ganhou notoriedade nas redes sociais principalmente no "Madruga SporTV", programa especial que foi ao ar durante a Copa do Mundo de 2014 e passava 7 horas no ar. Com informalidade e brincadeiras, Aurora Bello acabou conquistando uma grande base de fãs na internet. E interage com eles diariamente através do Snapchat, Facebook, Twitter, YouTube.... "Eu penso é que a pessoa na casa dela, com uma rotina, e para um tempinho do dia para me deixar palavras de carinho. O mínimo que eu posso fazer é retribuir", disse Aurora em entrevista exclusiva ao NaTelinha, feita durante visita da reportagem à sede da Globosat, no Rio de Janeiro, na última quarta-feira (29).

Confira a entrevista na íntegra:

Você apresenta o primeiro jornal da programação esportiva na TV paga. Como é o seu dia a dia para a construção do jornal?
 
Aurora Bello - O problema da hora que eu acordo é a hora que eu durmo. Minha mente sempre foi noturna, fui acostumada a dormir tarde, depois da meia-noite sempre e acordo às 4h30. Mas já me acostumei com a rotina. É essa há cinco anos. E o cérebro precisa funcionar na manhã todo dia.  
 
Já tenho uma demanda de offs enorme para gravar logo cedo. Mas ajudo a pensar o jornal, apurar as notícias, ver o que de novo aconteceu nessa lacuna da madrugada, escrevo as cabeças, reviso os VTs…  
 
Faço questão de entrar no ar sabendo as coberturas que vamos fazer no jornal. Se dou minha cara para o produto, tenho que o dominar. E deixar com minha cara. O texto que escrevo tem o meu jeito de falar.
 
Tento aproximar o público mesmo estando num telejornal que pede uma isenção que tenho que manter.
 
Até às 10h, é um ritmo frenético. Daí vou para a produção, faço parte do “Eu Atleta”, por exemplo. Algumas vezes saio em externa, algumas reportagens especiais para o próprio “SporTV News”… E de 1 da tarde meu trabalho já acabou enquanto todo mundo está no meio (risos).  
 

Como é a responsabilidade de levar o primeiro jornal do dia ao ar no SporTV?

Aurora Bello - É enorme. Por ser o primeiro, a gente tem a responsabilidade de trazer o que é realmente importante. E quem vê o “SporTV News Manhã” é geralmente aquela pessoa que dormiu cedo e, de repente, nem sabe os resultados dos jogos que acabam quase meia-noite. Precisam ser atualizadas de toda essa demanda da noite.  
 
 
Você não participa desse processo só como apresentadora, né?

Aurora Bello - Exatamente. Faço questão de integrar como um todo. Não é só chegar ali e ler um TP. Teoricamente qualquer um com treinamento pode fazer. A minha responsabilidade é fazer a notícia ser levada ao público com a garantia de que eu tô levando a melhor informação e que o público vai poder confiar que aquilo é verdade. É uma credibilidade minha que eu tenho de ter.  

E o seu público cresceu depois do “Madruga”, hein?

Aurora Bello - Muito. O “Madruga” foi uma experiência maravilhosa. A maior aventura e a mais prazerosa da minha carreira até hoje. Foi algo inesperado. Quando eu vi o projeto antes mesmo dos pilotos, já me encantei de cara. Era ousado, criativo… Uma incógnita que podia dar muito certo, mas nos dava várias inseguranças. Imagina ficar 7 horas ao vivo no ar. Ia ter papo para isso tudo? A química ia funcionar?  
 
Vários artistas durante a madrugava até twittavam que queriam participar. E como o país se estruturou para ter férias, tinha muita gente mesmo. Havia uma carência de programa ao vivo e com assuntos legais na faixa. 

E muitas coisas do projeto mudaram no ar. O contato com o público nos deixou em estado de graça. Foi uma participação intensa e carinhosa. Ali meu público cresceu muito. Era a gente assumindo ser gente, sem pretensão de comentários, análises técnicas embasadas, etc. Nisso já temos especialistas. A gente estava ali como o pessoal de casa mesmo.


E era um programa experimental, certo?  

Aurora Bello - Sim. E a gente fazia questão de assumir. Poxa, 7 horas no ar... Vai ter coisa que vai dar errado, a gente vai dar um jeitinho, improvisar. Éramos nós mesmos, sem nada programado ou ensaiado. E isso que deu certo.  

Você é possivelmente a apresentadora mais interativa do SporTV. Como é que dá conta de responder tudo nas suas redes?  

Aurora Bello - Nem tudo. E eu me martirizo um pouco quando não dá para responder. Eu penso é que a pessoa na casa dela, com uma rotina, e para um tempinho do dia para me deixar palavras de carinho. O mínimo que eu posso fazer é retribuir.  
 
Ler eu garanto que leio absolutamente tudo. Algumas vezes dá tempo de dar só uma curtida para dizer que passei por ali e vi.  
 
Algumas outras quando estou com mais tempo e paro para responder absolutamente todo mundo. Esse contato é gratificante. Meu trabalho é para essas pessoas. E quero aumentar cada vez mais essa interação.  
 
E me lembro de quando eu estava como telespectadora e tinha curiosidades como estudante de Jornalismo. Hoje quero mais é retribuir. Fico até emocionada. Esse carinho do público mexe comigo. Sou absolutamente grata. E faço questão de ampliar essa relação que me mantém motivada nesse cotidiano de trabalho que é de uma rotina, mas quando alguém fala, me parabeniza, ganho o dia e lava a alma fazendo tudo valer a pena.



Eleja os destaques da televisão em 2015 no Prêmio Melhores do Ano NT; vote nos seus preferidos agora mesmo!
publicidade
publicidade

publicidade