Globo define âncoras das primeiras coberturas ao vivo de 2015

Fotos: Divulgação

Publicado em 31/12/2014 às 13:00:12

Por: Lucas Félix

Além da tradicional cobertura da queima de fogos na virada de ano, o primeiro dia de 2015 mobilizará ainda um grande aparato de jornalismo para a posse da presidente Dilma Rousseff em seu início de segundo mandato.

E a Globo definiu os âncoras que irão apresentar essas coberturas ao vivo. No Réveillon, assim como em outros anos, São Paulo irá assistir a uma cobertura diferenciada da rede nacional, que segue majoritariamente o Rio de Janeiro, mas abre espaço também para imagens de Florianópolis e Brasília, por exemplo.

Os paulistanos acompanharão a chegada do novo ano sob a narração de Monalisa Perrone, que durante toda a semana, com exceção do próprio dia 1º, também segue no "Hora Um". Há um ano, o posto foi de Glória Vanique.

A rede também terá uma novidade na função. Após anos de revezamento entre Renata Capucci e Ana Paula Araújo, que há muito tempo não sabia o que era passar a virada fora dos estúdios, Ana Luiza Guimarães, âncora do "RJTV", assumirá o papel.

Outras praças também farão inserções locais de suas festas, assim como flashes regionais na manhã para a posse dos governadores.

E cerca de 14 horas depois dos fogos, Heraldo Pereira e Alexandre Garcia repetem a dobradinha de 2011 para a transmissão ao vivo de Brasília da posse presidencial.

Das demais grandes redes, apenas o SBT também já anuncia sua cobertura na tarde do dia 1º, com ancoragem de Carlos Nascimento, comentários de Kennedy Alencar e reportagens de Marcelo Torres e Galton Sé.



COMENTÁRIOS