Comunicador nato, João Kleber completa 60 anos sendo eficaz na RedeTV!

Apresentador ajudou e cresceu junto com a emissora

Divulgação/RedeTV!

Publicado em 02/08/2017 às 15:18:28 , atualizado em 02/08/2017 às 15:38:40

Por: Thiago Forato

O apresentador João Kleber, da RedeTV!, completa 60 anos nesta quarta-feira (2), com motivos para comemorar.

Ganhando projeção nacionalmente no final dos anos 1980 dividindo a apresentação do "Cassino do Chacrinha" ao lado do Velho Guerreiro, João Kleber cresceu com a RedeTV! em 1999, na inauguração da emissora.

Apostaram em João e o lançaram no programa "Te Vi na TV", que não raramente batia o "Programa do Jô" nas segundas-feiras à noite.

Posteriormente, ele ganhou também o "Tarde Quente" e ajudou a colocar a RedeTV! na briga pela audiência do quarto lugar. No horário em que ocupava, a disputa era até pela vice-liderança.

Comunicador nato, o talento de João Kleber é inegável. Um de seus bordões, "para para para", virou meme. É imitado. Odiado. E sim, amado. Amado porque ninguém fica no ar por tanto tempo sem talento ou merecimento, num mercado que engole os fracos e incompetentes.

Em 2005, sofreu uma baixa. Considerado por muitos como um dos reis da baixaria na TV brasileira com suas pegadinhas e testes de fidelidade, teve seu programa tirado do ar pelo Ministério Público Federal sob alegação de que "Tarde Quente" violou os direitos humanos e divulgou a homofobia.

Passando um tempo em Portugal, voltou ao Brasil em 2013 definitivamente para comandar o "Você na TV" e o "Teste de Fidelidade", depois de participar de "A Fazenda" em 2011.

Com objetivo claro de dar audiência e resultados, João Kleber sempre foi uma arma interessante da RedeTV! para tal. João é competitivo e tem sede, fome de audiência. O comodismo passa longe.

Marcando cerca de 1 ponto no Ibope diariamente e 3 aos finais de semana com o "João Kleber Show", o apresentador está acima do patamar do canal, dividindo desempenho com "A Tarde é Sua", "Encrenca", "Superpop", "O Céu é o Limite" e "Operação de Risco".

Embora haja suspeitas de armação a todo instante nas atrações que comanda, ele tem domínio de palco e dinâmica. Merece apresentar alguma coisa diferente. Um game-show, por exemplo, formato escasso na TV, poderia lhe cair como uma luva.

Muito criticado na década passada, João Kleber vem fazendo menos barulho, mas é eficiente naquilo que lhe é proposto. É competitivo.

Parabéns!



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!


publicidade