Com "Apocalipse", RecordTV planeja brigar novamente pela liderança

Nova trama bíblica, "Apocalipse" se passará num futuro próximo e pode ameaçar a liderança da Globo

Primeiro teaser da novela lançado pela emissora - Reprodução/RecordTV

Publicado em 12/07/2017 às 08:00:46 , atualizado em 12/07/2017 às 13:55:17

Por: Thiago Forato

Depois de uma primeira temporada bem-sucedida de "Os Dez Mandamentos" em 2015, chegando a derrubar o "Jornal Nacional" e "A Regra do Jogo", do baladalado escritor de "Avenida Brasil", João Emanuel Carneiro, a RecordTV planeja reviver esses dias de glória.

Não é segredo pra ninguém a expectativa que existe ao redor de "Apocalipse", a próxima novela da faixa das 20h30 que deve estrear em outubro. E toda essa pompa tem fundamento.

Tendo como base o último livro da Bíblia, a escritora é a mesma de "Os Dez Mandamentos": Vivian de Oliveira, como uma previsão inicial de 150 capítulos. Claro, se a trama alcançar índices similares ao de "Os Dez Mandamentos", será espichada.

O diretor seria Alexandre Avancini, para repetir a dobradinha com Vivian, mas ele está ocupado com o filme do bispo Edir Macedo. A RecordTV decidiu colocar Edson Spinello, que tem em seu currículos produtos como "Rei Davi", "Amor e Intrigas", dentre outros dentro da casa.

O elenco de "O Apocalipse" é, sem dúvida, um dos melhores desde 2004 (talvez o melhor, ousaria), quando a emissora reativou seu departamento de teledramaturgia com "A Escrava Isaura". Nele, nomes como Juliana Knust, Joana Fomm, Leona Cavalli, Emilio Ociolli Neto, Guilherme Winter, Sérgio Marone, Juliana Silveira, Paloma Bernardi, Beth Goulard, Maytê Piragibe, Selma Egrei, Lu Grimaldi, dentre outros.

"Prova de Amor", de 2005, também teve um elenco estelar e ainda que tenha sido água com açúcar, com texto de Tiago Santiago, pegou uma faixa das 19h na Globo fragilizada com "Pé na Jaca".

Se a próxima das nove, "O Outro Lado do Paraíso", de Walcyr Carrasco patinar, é a brecha perfeita para "O Apocalipse" decolar de vez e fazer história como "Os Dez Mandamentos", que foi um verdadeiro calcanhar de Aquiles da Globo.

Sendo ambientada num futuro próximo, a novela deve afastar aqueles que não se cruzam à uma de época, como a atual "O Rico e Lázaro" e suas antecessoras. Pode ser o frescor que o tema precisa.

Vale lembrar que toda essa expectativa ou desejo da emissora pode dar com os burros n'água. Walcyr Carrasco raramente erra em suas novelas, e outras previsões que a RecordTV fez na década passada nunca se concretizaram, como a risível "rumo à liderança".

Thiago Forato é jornalista, escreve sobre televisão há 12 anos e assina a coluna Enfoque NT há seis, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele: thiagoforato@natelinha.com.br  |  Twitter: @tforatto 

 



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

Fechar X